Bethânia Nunes

Como diminuir o sal nas refeições?

O sal é essencial para o bom funcionamento do organismo. Isso porque permite a transmissão de informações entre as células nervosas, desencadeia a contração muscular e regula a pressão arterial

Segundo a nutricionista Fernanda Machado, o sódio é responsável ainda pelo transporte de nutrientes no intestino delgado e nos rins, e garante o equilíbrio de fluidos e do nível de acidez do organismo

Quando em excesso, entretanto, o sal é um vilão para a saúde – visto que pode sobrecarregar os rins e desencadear doenças cardiovasculares, hipertensão arterial sistêmica e hipertrofia ventricular

A OMS aconselha o consumo de 5 g de sal por dia.
Algumas dicas simples ajudam a controlar a quantidade de sal ingerida:

Troque os temperos e invista em ervas desidratadas para realçar o sabor dos alimentos

Orégano, salsinha, cebolinha, açafrão, pimenta-do-reino, alecrim, gengibre e curry são ótimas opções

Evite ingredientes em conserva

Além de ser usado como componente para realçar o sabor, o sódio é utilizado como conservante em vidros de azeitona, pepino e palmito, por exemplo

Prefira alimentos frescos

As frutas e os vegetais contêm pouco sódio em sua composição e são ótimas fontes de fibras, vitaminas e nutrientes

Abra mão de
alimentos processados

Carnes processadas – como bacon, presunto e salsicha – têm altas quantidades de sódio. Dê preferência às carnes frescas

Catchup, mostarda, shoyu e molhos prontos para salada são ricos em sódio. Consulte os rótulos antes de adicionar produtos ao carrinho do supermercado

Substitua os molhos artificiais

TEXTO:
Bethânia Nunes

IMAGENS:
Tenor, Unsplash e Pixabay