Bicha da Justiça: startup dá dicas jurídicas para a comunidade LGBT

A iniciativa visa deixar gays, lésbicas e trans informados sobre seus direitos

iStockiStock

atualizado 24/12/2018 17:44

Teve algum direito violado? Precisa resolver uma questão jurídica e não se sente à vontade com nenhum advogado? A Bicha da Justiça chegou para resolver seu problema!

A Bicha é uma startup social que gera informação sobre direitos dos membros da comunidade LGBT e presta assessoria jurídica de forma on-line. O portal surgiu em 2017, a partir das experiências dos 3 fundadores – Bruna Andrade (advogada e especialista em direito homotransafetivo), Flávia Maria (administradora e estudante de direito) e Daniel Goulart (administrador) – e de pessoas próximas.

Bruna lembra que “nossos direitos não são construídos a partir de leis, mas de decisões judiciais”, portanto há a necessidade de um local concentrando as informações de interesse da comunidade LGBT. Com uma linguagem descomplicada, o site aborda temas de interesse desse grupo social, como casamento, adoção, reprodução assistida, registro parental e crimes motivados por LGBTfobia.

Além da informação, o Bicha da Justiça oferece formação a advogados, para que, quem os busque, não sejam revitimizados. Esse curso é voltado a profissionais de qualquer área, visando uma atuação mais acolhedoras. Por enquanto, a formação é presencial ou por videoconferência, mas logo deverá ser via educação à distância.

Ao buscar o Bicha da Justiça (pelo site, Facebook ou Instagram), eles analisam seu caso e o encaminham ao advogado certificado mais indicado para te atender. Pode ser o mais próximo geograficamente ou o de melhor formação. Afinal, hoje a justiça é completamente informatizada e a atuação pode ser feita virtualmente o máximo possível. Inclusive, quando necessário, esses advogados atuam de forma pro bono, ou seja, gratuita.

Lembrando que o Bicha é uma startup, uma plataforma de atendimento on-line. E, neste ano participou, do Startup Show, o maior reality de empreendedorismo do Brasil, conquistando a categoria Voto Popular. Quer dizer, Bicha da Justiça também é uma opção de negócio, caso você seja um investidor interessado.

O nome, obviamente, faz referência à Liga da Justiça. Seu objetivo é fazer menção aos super-heróis da causa LGBT, que representam os problemas do dia a dia. No entanto, os heróis não são os advogados, mas as pessoas comuns que vão em busca de solução jurídica para seus problemas. Bicha da Justiça é apenas a arma desses guerreiros anônimos que, com sua coragem, deixam nossa sociedade mais justa para todos.

Últimas notícias