Vitrine M

Seis modelos de toca-discos para animar as sociais em casa

Diferentemente da vitrola, o aparelho necessita de caixa de som externa para você escutar as músicas

atualizado 24/09/2021 15:36

Toca-discoMarcel ter Bekke/Getty Images

Popular entre os amantes musicais do século passado, o toca-discos voltou a fazer sucesso nos dias atuais, trazendo nostalgia para os mais antigos e um ar vintage para a nova geração. Atualmente, os modelos já contam com cabos USB, tecnologia bluetooth e conectividade com computadores.

Parecidos com as vitrolas, os aparelhos são mais completos e potentes. Pois além do tradicional conjunto de prato giratório, agulha, braço e controles, o equipamento necessita de uma caixa de som externa. Ou seja, só é possível escutar a música se ela for amplificada.

Para reviver o passado por meio de um bom toca-discos, é importante observar alguns atributos do aparelho antes de sair comprando qualquer modelo. Entre os pontos mais importantes, está a rotação por minuto (RPM), que conta com três velocidades diferentes. Entenda cada uma delas e, se possível, opte por um modelo que consiga operar nas três.

  • 78 RPM: os primeiros discos inventados, que, inclusive, eram de goma-laca e não de vinil. O modelo é bastante raro.
  • 33 RPM: os tradicionais “LPs”, que são feitos em plástico vinil e conseguem gravar até 60 minutos de música.
  • 45 RPM: também feitos de vinil, porém permitem a gravação de apenas 5 minutos de cada lado. Eram mais usados para singles.

Agora que você está pronto para a nostalgia, o Metrópoles selecionou seis modelos de toca-discos. Confira!

Toca-discos DP 450, da Denon

R$ 4.200EmpresaComprar

Toca-discos AT 100E, da Teac

R$ 3.099EmpresaComprar

Toca-discos AT LP60X, da Audio-Technica

R$ 1.550,60EmpresaComprar

Toca-discos S303BL, da Yamaha

R$ 6.459EmpresaComprar

Toca-discos PLX 500, da Pioneer

R$ 4.250EmpresaComprar

Toca-discos AT-LP140XP, da Audio-Technica

R$ 4.999EmpresaComprar

Os valores mencionados se referem à data de publicação da matéria e podem sofrer alterações de acordo com os critérios de cada loja. O Metrópoles não comercializa os produtos ou serviços citados.

Mais Vitrine M
Newsletter