Feminicídios: homens matam ex-mulheres a tiros no Entorno do DF

Casos ocorreram no Novo Gama e em Planaltina-GO. Na primeira cidade, polícia está atrás do principal suspeito do crime

Reprodução/TV AnhangueraReprodução/TV Anhanguera

atualizado 15/10/2019 6:24

Duas cidades do Entorno do Distrito Federal tiveram ocorrências de feminicídio entre a noite de domingo (13/10/2019) e a manhã desta segunda-feira (14/10/2019). Em Planaltina-GO e Novo Gama-GO, duas mulheres foram mortas por ex-companheiros. Nos dois casos, eles usaram arma de fogo para tirar a vida vítimas.

No Novo Gama, Denise Aparecida dos Santos (foto em destaque), 46 anos, recebeu um tiro no rosto, na manhã desta segunda-feira. O disparo teria sido feito por Cléber Rogério de Oliveira Soares, ex-marido da mulher. O casal estava separado havia quatro meses. O criminoso não aceitou o novo relacionamento da ex-parceira.

“Cléber teria invadido a casa de Denise no domingo e escrito ameaça de morte na parede. Então, ela foi para a residência de parentes e voltou para pegar algo. Ele estava lá dentro e atirou contra a ex-companheira”, contou Danillo Martins, delegado do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) do Novo Gama. Cléber é considerado foragido da polícia.

PCGO/Divulgação
Ameaça escrita pelo ex-companheiro de Denise Aparecida
Três tiros

Em Planaltina-GO, na noite de domingo, Reginaldo da Silva entrou no apartamento onde Érica de Sousa, 41, morava e disparou três tiros contra a ex-parceira. Eles foram casados por 23 anos, mas estavam separados há cerca de um ano. Antes de fugir, o feminicida ainda teria tentado matar o atual companheiro de Érica.

“Ele arrombou a porta. A filha deles, de 18 anos, tentou impedir que ele agredisse a mãe. A filha acabou ameaçada de morte pelo próprio pai”, detalhou o delegado Cristiomário Medeiros.

Últimas notícias