Feminicídio: mulher é morta a facadas pelo companheiro no DF

Segundo a polícia, o casal estava em processo de separação. Logo após o crime, o homem tirou a própria vida no local

atualizado 18/10/2021 10:07

AgressãoHugo Barreto/Metrópoles

O Distrito Federal registrou mais um feminicídio neste fim de semana. Olívia Makoski, de 47 anos, foi morta com golpes de faca pelo companheiro, Francisco de Assis Guembitzchi, de 55. O homem se matou em seguida.

O crime aconteceu na Quadra 207 do Por do Sol, por volta de 1h40 deste domingo (17/10).

O caso está sob os cuidados da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher II (Deam II). Segundo a delegada-chefe da unidade policial, Adriana Romana, as investigações apontam para o crime de feminicídio, seguido por suicídio. O casal estaria em processo de separação, mas Francisco não aceitava o término.

“Aparentemente, houve uma discussão. Ele a agrediu com facadas e depois ceifou a própria vida”, disse a delegada. No imóvel, policiais também localizaram um revólver. “Ainda não sabemos se foram efetuados disparos. Aguardamos os laudos”, explicou Adriana Romana.

A tragédia ocorreu na residência do casal. Peritos foram chamados para analisar a cena do crime. E os corpos serão encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do DF. Olívia e Francisco tinham um restaurante na região. Segundo a delegada, não havia histórico de violência física entre os dois, mas de agressões verbais.

Pouco depois do crime, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi até o local. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) também se deslocou para o endereço, mobilizando duas viaturas e seis militares. Mas quando chegaram ao imóvel, Olívia e Francisco já não apresentavam sinais vitais.

Mais lidas
Últimas notícias