Voo direto de Brasília para o Peru tem início nesta quinta-feira

Monumentos incas encontram-se, agora, a apenas 4h30 da capital federal. Partidas estão programadas para segundas, quintas e sábados

ReproduçãoReprodução

atualizado 14/11/2019 15:18

Estados Unidos, México, Panamá, Chile, Argentina, Portugal e, agora, Peru. A partir desta quinta-feira (14/11/2019), os brasilienses podem embarcar rumo a Lima, capital do país peruano, sem escalas. A viagem faz parte da nova operação da Latam Linhas Aéreas.

A aeronave responsável pelo trajeto é a A320 da Latam, com capacidade para transportar 185 passageiros. O voo chega ao Aeroporto de Brasília todas as segundas, quintas e sábados, às 6h50, e parte nos mesmos dias, às 8h55. O tempo estimado de viagem é de 4 horas e 26 minutos.

Segundo o diretor de negócios aéreos da Inframerica, Roberto Luiz, a novidade é resultado de um trabalho em conjunto com o Governo do Distrito Federal, a empresa aérea e os diversos órgãos envolvidos na operação.

“Estamos trabalhando para trazer novas oportunidades de negócios, voos e intercambio para a região. Além disso, investimos em serviços que melhoram a experiência do passageiro e pensamos em soluções para facilitar todo o processo do usuário no aeroporto. Tudo para que o passageiro opte por Brasília para viajar, uma opção confortável e moderna fora do eixo Sudeste”, exclama.

Os passageiros do voo inaugural foram presenteados com um chaveiro de lhama, em feltro, com o dizeres: “Me Lhama que eu vou!”.

Novo voo para o Paraguai

No dia 15 de dezembro, a Latam inaugura a sua terceira rota internacional no Aeroporto de Brasília. A companhia aérea passará a voar para Assunção, no Paraguai. Para realizar o trajeto, a companhia contará com parceria da empresa paraguaia Paranair, que vai operar a linha com aeronaves que acomodam até 50 passageiros.

Destinos internacionais

Além de conectar os passageiros para todas as capitais brasileiras, o Aeroporto de Brasília tem voos para oito cidades em sete países do exterior. São eles: Miami e Orlando, nos Estados Unidos; Cancún, no México; Cidade do Panamá, no Panamá; Buenos Aires, na Argentina; Santiago, no Chile; Lisboa, em Portugal; e Lima, no Peru.

Últimas notícias