Cachoeira, aluguel de chalés e outras opções de lazer incríveis no Park Way

O bairro nobre do Distrito Federal é casa de 20 mil habitantes e reserva ótimas alternativas para quem deseja se reconectar com a natureza

atualizado 04/08/2021 20:28

park wayReprodução/Instagram

Situado a 18 quilômetros do centro de Brasília, o Park Way é um bairro residencial considerado por muitos moradores como um refúgio em meio ao agito do Distrito Federal. Arborizada e com terrenos de 20 mil metros quadrados, a região administrativa possui uma das maiores rendas per capita da capital e reserva excelentes alternativas para quem deseja se reconectar com a natureza.

Alguns dos atrativos, aliás, são desconhecidos por muitos brasilienses, inclusive por aqueles que moram no bairro há gerações. Você sabia, por exemplo, que o Park Way tem cachoeira e trilhas dignas de cenário de filme?

0

Muitas das opções de lazer da região, conforme contam insiders, têm sido descobertas durante a pandemia de coronavírus, que reaqueceu o turismo local e fez os habitantes enxergarem com outros olhos as atrações da cidade.

Pensando em destacar os melhores atrativos do Park Way, o Metrópoles elaborou uma lista. Confira e aproveite — durante ou após a pandemia!

Trilha guiada com acesso a cachoeira e almoço rural

O empresário Thiago Luz, de 39 anos, cresceu brincando em meio aos jardins do bairro. No início do ano passado, ele decidiu fazer dessa expertise na região um negócio: criou o perfil de Instagram @nas_trilhas_do_park_way e passou a oferecer passeios guiados pelas belezas naturais pouco desbravadas das redondezas.

“Faço, com grupos de até 12 pessoas, duas trilhas: uma de 12 quilômetros, a outra de 20”, revela Thiago. Os trajetos, segundo ele, são por vias majoritariamente planas, de fácil percurso, e dão acesso a uma cachoeira e aos charmosos trilhos do trem de carga que percorre a região.

“Durante os passeios, conto histórias e curiosidades do bairro, muito frequentado por Juscelino Kubitschek na construção de Brasília”, diz. Os percursos levam, em média quatro horas e meia, começando às 8h da manhã e terminando com um almoço rural.

Thiago afirma que o serviço, de fato, teve um boom na pandemia. “Pessoas que moram em apartamento, sobretudo, estão buscando alternativas de lazer ao ar livre e fizeram do meu negócio um sucesso”, comemora. Até pedido de casamento em meio a uma das trilhas já teve.

Em algumas temporadas do ano, os passeios podem ser realizados a cavalo. Vale ressaltar que as atrações dos percursos têm acesso livre, ou seja, podem ser visitadas sem a companhia (e comodidade) do guia.

Serviço
Trilha guiada
Preço: a partir de R$ 20 por pessoa (almoço não incluído)
Ponto de encontro: Quadra 26 do Park Way
Telefone: (61) 99904-2368

Fazendinha Azul

Um oásis para toda a família, a Fazendinha Azul oferece diversas atividades, entre elas, trilha ecológica, área para piqueniques, colônia de férias e interação com bichinhos (coelhos, cabritos, vacas e pôneis, apenas para citar alguns).

A entrada no espaço (R$ 75 por pessoa) ainda dá direito a um kit lanche com o “famoso bolo de cenoura da Vó Luzia”, pão de queijo, sucos e frutas.

“Nosso foco é proporcionar momentos inesquecíveis para as crianças, mas pessoas de todas as idades são bem-vindas”, declara Fernanda Rollemberg, à frente do espaço.

Serviço
Fazendinha Azul
Preço: R$ 75 por pessoa (crianças menores de 3 anos não pagam)
Endereço: SMPW Quadra 13 Conjunto 2 Lote 34
Telefone: (61) 99868-5252


Aluguel de chalés

Muitos brasilienses conhecem o Patú Anú pelas luxuosas cerimônias de casamento, mas o espaço com mais de 20 anos de tradição em Brasília também possui chalés disponíveis para locação.

As casas em meio à natureza são perfeitas para quem deseja viajar sem extrapolar as fronteiras do DF.

“Além de curtirem as casas, que acomodam de duas a seis pessoas, os hóspedes ainda podem usufruir de nossas experiências gastronômicas”, informa o sócio-administrador do Patú Anú, Fábio Orlandini.

Serviço
Aluguel de chalés
Site: Airbnb
Preço: a partir de R$ 400 a diária
Endereço: SMPW Quadra 15 Conjunto 6 Lote 10
Telefone: (61) 3380-3239 ou (61) 98609-3239

Orquidário

Aficionado por orquídeas, Antônio Carlos Felizola mora no Park Way desde 1988 e decidiu aproveitar a área externa de sua mansão para construir um orquidário, atualmente aberto ao público.

Além de expor as flores, Antônio as vende. “Trabalho com diversas espécies. As principais são: Cattleya walkeriana, Cattleya nobilior, Brassavola e Mesquitae”, detalha.

“Todas são plantas naturais do cerrado”, complementa. Parada obrigatória para quem aprecia botânica.

Serviço
Visita a orquidário
Entrada franca
Endereço: SMPW Quadra 24 Conjunto 4 Lote 6 Casa C
Telefone: (61) 98163-7500

Últimas notícias