Além do balanço gigante: veja 5 atrações na Chapada da Contagem, no DF

O paredão de colinas que compõe a paisagem no Lago Oeste emoldura uma série de atrativos como cachoeiras, trilhas e sabores do Cerrado

atualizado 26/04/2021 12:15

Gustavo Moreno/Especial Metrópoles.

Em contraste com as ruas largas que cortam o Plano Piloto, o verde que envolve os pilotis nem se compara ao contato com a natureza que emoldura um dos destinos de turismo rural e de aventura em maior expansão no Distrito Federal. A apenas 25 km de Brasília, a Chapada da Contagem reúne, em uma paisagem exuberante, uma ampla gama de atrativos, desde hospedagens, trilhas e cachoeiras, a restaurantes com tempero do Cerrado.

No cardápio de atrações fora do eixo, o relevo sinuoso que molda a região do Lago Oeste oferece vivências de agroecologia, gastronomia e turismo de experiência, com inúmeras atividades de lazer e esporte.

Um prato cheio para os amantes de turismo de experiência, conheça as atrações na região que fazem parte do programa Viva Lago Oeste, iniciativa que partiu dos moradores e surgiu em 2017, fruto da parceria entre os empresários, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-DF) e a Secretaria de Turismo.

 

Balancéu

Em frente à imponente Chapada da Contagem, o vaivém do balanço e o som que corta o vento transmitem a sensação de flutuar sobre as montanhas. Do alto dos 1.254 metros de altitude, com os pés soltos e os cabelos ao vento, o frio na barriga inicial logo se transforma em uma sensação de liberdade, que se alterna, ora entre o imenso tapete verde que marca a flora do Cerrado, ora no deck de madeira, te devolvendo à segurança.

Batizada de Balancéu, a atração com fôlego turístico é erguida entre dois postes de eucalipto por quatro cabos de aço galvanizados, parafusos também feitos em aço e polias com rolamentos blindados. No assento de ferro em formato de cadeirinha, um cinto — com trava de segurança — mantém a firmeza entre as pernas e o receio inicial logo se transforma em uma espécie de levitação, com uma pontada de adrenalina ao balançar nas alturas.

Ao descer a ladeira de pedra, a paisagem exuberante já captura o olhar. Mas é no pequeno mirante onde fica o balanço que a vista é de tirar o fôlego. O cenário promete ser o mais instagramável da região e é guardado pelos olhos cuidadosos da Lílian Santos, moradora do lugar e capacitada para garantir todas as medidas de segurança — além de dar os empurrões nos aventureiros que quiserem ir mais alto.

Inaugurada um dia depois do aniversário de 61 anos de Brasília, na última quinta-feira (22/4), a atração foi idealizada por Marcus Vinicius Heusi, dono de uma das mais charmosas chácaras do destino, o Recanto de Maria Flor. A hospedagem cercada de área verde atende visitantes de todas as regiões, desde 2017, e conta com uma piscina nas pedras, deck elevado com churrasqueira, hidromassagem com janela panorâmica, varanda com visão 180º e quatro bicicletas para usar nas trilhas.

“Acreditamos muito no sucesso do empreendimento para o turismo local, tanto pela procura para ensaios fotográficos como pelo público em geral, que irá usufruir da sensação de quase voar em meio ao lindo céu de Brasília, de frente para a Chapada da Contagem”, comenta o proprietário do Recanto.

Até o mês de maio, curtir o embalo do vento na chapada será uma experiência exclusiva aos hóspedes que reservaram o Recanto, via Airbnb. Por volta do mês de junho, a chácara ficará disponível para locação apenas durante os finais de semana — para garantir a privacidade dos hóspedes — e, de segunda à sexta, os visitantes poderão agendar visitas ao Balancéu.

0

As reservas ficarão disponíveis na plataforma de turismo e aventura Ecotrip, em pequenos grupos: de três e seis pessoas, com horário previamente definido. Segundo Marcus, o valor ainda não foi confirmado.

Informações: @balanceu.bsb

Endereço: Rua 4 Travessa 5, Entrada 1, Chácara 4, Núcleo Rural Lago Oeste, Sobradinho – DF

Chapada da Contagem
Brasis Ateliê Gastronômico

Encantada com a grandiosidade da região, a chef Di Oliveira decidiu abrir as portas de sua casa para compartilhar as belezas da Chapada de Contagem com outras pessoas. Assim nasceu o Brasis Ateliê Gastronômico, um restaurante dedicado à gastronomia brasileira contemporânea.

O visitante é recebido por um jardim marcado pela riqueza da flora típica do Cerrado e, mais adiante, a construção em tons de amarelo leva na fachada uma pintura que ressalta a cultura brasileira.

“O nosso espaço é tão plural pelo fato de Brasília ser isso: uma cidade pulsante que abriga gente de todos os lugares, com um toque nacional e internacional”, explica a anfitriã.

Após um dia contemplando a paisagem exuberante nas diversas atrações de turismo rural e de aventura, no entardecer os visitantes podem aproveitar o menu e viver a experiência sob o céu estrelado da chapada. Ao cair da noite, a altitude garante um tempero especial: o clima de montanha e o friozinho charmoso do lugar.

0

O pequeno espaço, em contato com a natureza em sua plenitude, tem um cardápio recheado de pratos autorais e releituras, com opções desde frutos do mar a vegetarianas, sempre com o tempero tipicamente brasiliense da chef. Durante a pandemia, o lugar preserva a característica de atender sob reserva, mas agora conta com um horário de almoço estendido, até às 18h.

Funcionamento: sextas, sábados, domingos e feriados até às 18h

Reservas: (61) 99446-2540

Sítio Titara

Um pouco abaixo da Chapada, o sítio Titara reúne algumas das mais importantes riquezas da Área de Proteção Ambiental da Cafuringa. São 10 cachoeiras, entre opções menores e maiores e um catálogo amplo de trilhas — desde fáceis, médias e a “radical”, que passa por dentro de um córrego, escala por sobre as pedras e conta com a água mais azul da região, segundo a proprietária do lugar, Djeini de Oliveira.

Os encantos do sítio estavam preservados apenas para a família, até janeiro de 2019. Pelo desejo de conhecer de onde vinham os queijos finos e artesanais tão saborosos que a Djeini fazia, os primeiros visitantes logo descobriram o pequeno paraíso de águas cristalinas, que está na família há quase 25 anos.

“Eu vendia na feira e meus clientes sempre comentavam sobre o sabor do queijo, elogiando bastante. Eles queriam saber onde era produzido e vinham visitar. Foi quando tudo começou”, explica.

Além das quedas d’água, o Titara também oferece passeios a cavalo e espaço para pescaria, tudo que uma bela experiência rural demanda. Sem contar, é claro, com o tour para conhecer como é feito o famoso queijo da Djeini.

A cofundadora também adiantou ao Metrópoles com exclusividade que o lugar receberá uma novidade altamente instagramável em breve: um bangalô reservado com vista para o céu estrelado, cachoeira privada e hidromassagem com janela panorâmica. Eles também estão preparando uma gincana especial para o Dia dos Namorados, com uma vivência cheia de adrenalina dentro das trilhas.

Informações: (61) 99635-1313

Endereço: DF 170 Km 0,3, Núcleo Rural Lago Oeste, Sobradinho – DF

Complexo de cachoeiras Rio da Palma

Em meio ao sinuoso relevo, as trilhas que cortam a chapada formam o cenário propício para a formação de cachoeiras. Entre os córregos e pequenos afluentes, se formam belas paisagens caracterizadas por dezenas de cascatas, piscinas naturais e corredeiras com águas transparentes.

No catálogo estão oito cachoeiras acessíveis — algumas com até 40 metros de queda d’água — distribuídas por trilhas de diferentes graus de dificuldades. Para garantir um passeio pelo complexo seguro, é fundamental contratar um guia local ou se informar sobre as dificuldades e melhores percursos.

Trilha da União

Ao entrar na estrada rumo ao Lago Oeste, uma placa faz o alerta: travessia de animais silvestres. Às margens do Parque Nacional de Brasília, pela DF 001, os pequenos representantes da fauna típica do segundo maior bioma do Brasil dividem espaço com uma das principais trilhas de mountain bike e trekking do DF, a Trilha União Parque Nacional de Brasília, com 45 km de extensão.

O caminho liga o circuito de trilhas da Floresta Nacional (Flona) de Brasília (44 Km) e da Serrinha do Paranoá (aproximadamente 47 km), totalizando 136 km de estradas contínuas e sinalizadas, transformando este no maior circuito para mountain bike do Brasil.

Todo o percurso engloba quatro unidades de conservação federal de grande significado para o país: Flona de Brasília, APAs do Planalto Central e do Rio Descoberto e Reserva Biológica da Contagem, uma das principais ferramentas de integração ambiental, social, de conservação e contemplação da natureza.

Trilha do Calango

Do alto da famosa vista da chapada, a Trilha do Calango é um empreendimento de turismo ecológico em contato com a fauna e a flora típicas da savana brasileira. O lugar proporciona uma experiência de reconexão com a natureza e de cunho pedagógico, como as experiências Banho de Cerrado e o passeio monitorado na Vila das Abelhas sem Ferrão.

Sócio do espaço, José Júnior afirma que as trilhas ecológicas mostram aos visitantes várias espécies frutíferas nativas, em uma vivência ideal para quem deseja conhecer melhor o bioma.

A Trilha oferece hospedagem para grupos e famílias, com área de camping, piscina e deck com mirante, além de espaço para eventos particulares e corporativos.

Informações: (61) 99803-5085

Endereço: Rua 04 Travessa 05 Chácara 12, Núcleo Rural Lago Oeste, Sobradinho – DF

Últimas notícias