*

Há muito tempo se escuta na noite carioca a promessa de reabertura da amada casa noturna Hippopotamus, que ficou bombou 1974 e 2001, no Rio de Janeiro. Ricardo Amaral, conhecido no país como “Rei da Noite” prometeu a reinauguração do espaço em março de 2016. Todos ficaram na expectativa, mas nada aconteceu. Agora o novo sócio, Omar Catito Peres, o mesmo que comprou Piantella aqui em Brasília, diz que até setembro desse ano as portas devem reabrir.

O Hippopotamus foi sem dúvida a casa noturna de maior fama no Brasil, muitas celebridades nacionais e internacionais beberam champanhe e dançaram por ali. Já pensou desbravar a pista ao lado de Pelé, Xuxa, Roberto Carlos, Myrian Rios, Monique Evans e Prince?

Mas esse privilégio ficava restrito a poucos: o Hippo era uma casa só para sócios. Na versão 2017, a exclusividade vai ser a mesma. Para fazer parte dessa elite vai ser preciso gastar R$ 6 mil na anuidade e, ainda por cima, ser convidado por Ricardo Amaral, seu filho Ricky ou por Omar Catito Peres.

O local será o mesmo: a Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema. Vão ser três andares com um elevador panorâmico e quem assina o projeto é o arquiteto Erick Figueira de Mello. O restaurante recriará os pratos emblemáticos dos anos 1970, com o antigo chef Claude Lapeyere e seu filho Ricardo.

O Rio de Janeiro anda sem opção de lugares para dançar na Zona Sul. Vários turistas chegam na cidade achando que vão achar muitas baladas e ficam decepcionados, relatam concierges do Fasano e do Copacabana Palace. Estrelas como Rihanna, James Blunt, Maroon 5 preferem fechar o bar do hotel de Ipanema, o Londra, para festejarem sem serem incomodados.

Amaral está convencido que a carência é enorme e o sucesso será certo. Ele conta que ao longo dos anos, depois do fechamento era abordado por ex-frequentadores da casa pedindo pelo amor de Deus., para que ele retome a posição do “Rei da Noite” voltando com o saudoso glamour da noite carioca.



COMENTE

 
sociedade

Leia mais: Sociedade