*

Quando você ouve falar em dieta, imediatamente, pensa em frutas e verduras, além de evitar carboidrato e açúcar e passar longe de fritura. A regra não funciona para os youtubers fitness que estão participando de desafios pessoais e precisam ingerir 10 mil calorias por dia.

A ideia é comer muito, bastante mesmo, filmar tudo e postar no canal. Homens e mulheres aparecem em vídeos que atingem até mais de quatro milhões de visualizações. No café da manhã, seis rosquinhas. Apenas algumas horas depois, vários sanduíches, refrigerante, bolachas e frango frito. Achou pouco? Pizzas, donuts, cachorros-quentes, waffles, hambúrgueres, biscoitos recheados, sucrilhos, potes de sorvete e por aí vai.

Para se ter uma ideia, a média de calorias para mulheres e homens que não se exercitam é de 2.000 e 2.500 calorias por dia. Ou seja, os participantes desses desafios quadruplicam ou quintuplicam o consumo médio ideal diário.

Você se pergunta o objetivo de tudo isso? Essa é mais uma parte sem muita lógica: impressionar o público e conseguir curtidas e visualizações. Ashley Nocera tem 20 anos e uma de suas publicações já foi vista mais de quatro milhões e 700 mil vezes. Com quase uma hora de duração, ela mostra a comilança feita durante 24 horas para bater as 10 mil calorias.

Enfiando o pé na jaca, ela mostra como conseguiu acordar pesando 52 kg e, ao final do dia, antes de dormir, ter a balança marcando 54 kg.

Blake Horton, de New Jersey, Estados Unidos, ganhou mais de 350 mil seguidores no Instagram postando vídeos dele mesmo comendo pilhas e pilhas de junk food. Ele mostra para os fãs algumas misturas nada convencionais, como uma porção de cachorros-quentes recheados de morango, muita calda de chocolate, outros doces por cima, um pote de sorvete e um litro de leite. Apenas essa refeição tem 4.200 calorias.

Ele faz duas grandes refeições por dia e durante a madrugada entra ao vivo para comer a terceira – sempre super bombada de açúcares, carboidratos e gorduras.

Chocolate Peanut Butter Fruity Pebbles Strawberry Sandwich Tower 🍫 🍓 🏗 ~4,200 cals. 202p 707c 58f . . Shout to @eatenlightened for the protein ice cream 🍨 🍦 @deadmau5 Animals Remix 🔈 . . 🛑 Cooking/Eating Recipe Recordings are available to Blake_201 twitch channel subscribers 👉🏽 If you have Amazon prime, it’s good for one free Twitch subscription a month. 🛑 Intermittent Fasting Info is still on YouTube‼️ . . #carbsoncarbsoncarbs #carbsafterdark #carbthefuckup #huffposttaste #intermittentfasting #fitmeals #flexibledieting #proteinicecream #foooodieee #epicmealtime #devourpower #foodchasers #feedyoursoul #flexbowl #macrofriendly #fruitypebbles #proteincereal #cereals #sprinkles #mukbang #eatfamous #foodbeast #omad #whole30

Uma publicação compartilhada por Blake Horton (@blake_201) em

E para onde vai toda essa comida? As pessoas por trás desses desafios costumam treinar intensamente até 10 horas por dia. Para atletas profissionais, dietas ricas em calorias fazem parte do estilo de vida.

“Esse tipo de comportamento extremo mostrado pelos youtubers não segue as recomendações alimentares normais para a maioria das pessoas. Comidas ricas em gordura, açúcares e sal devem ser limitadas dentro de uma dieta saudável e equilibrada.”, explica a nutricionista Carla Damasceno da Costa.

A especialista lembra ainda que não é saudável contar calorias, e, sim, nutrientes e necessidades, que variam para cada indivíduo. “Diferentes abordagens de perda ou ganho de peso saudáveis ​​podem ser bem-sucedidas para pessoas diferentes, por isso, é importante encontrar uma ideal para você”, diz.

Ou seja, nem pense em tentar fazer em casa sem antes consultar um especialista.