Seu objetivo é ganhar massa magra? Então consuma carboidratos

Quando bem selecionado, o carboidrato é primordial para manter a saúde

atualizado 30/07/2021 17:38

CarboidratosGetty Images

Para alguns, ele até pode ser o vilão mas, a quem está bem informado, é, definitivamente, o mocinho. Quando bem selecionado, o carboidrato é primordial para manter a saúde, uma vez que é a fonte primária de energia do nosso organismo.

Esse macronutriente foi condenado porque grande parte de alimentos industrializados, de baixa qualidade nutricional, são generalizados como carboidratos. Porém, é preciso lembrar que ingredientes saudáveis, como frutas, vegetais e grãos integrais, ricos em fibras, fazem parte desse grupo alimentar.

Além disso, é importante frisar a importância do metabolismo de carboidratos no controle da oxidação lipídica e na proteção da estrutura proteica.

Na ausência de carboidratos, a proteína será mobilizada para gerar energia necessária ao funcionamento do corpo. Quando isso acontece, o carboidrato tem função como poupador de energia. Ao ingerirmos o nutriente, ele é estocado no tecido muscular e no fígado como glicogênio.

Para cada 1g de glicogênio estocado no músculo, existe 2,7g de água. A água armazenada no músculo é dependente da quantidade de carboidratos presente. Logo, retirando os carboidratos da dieta, você elimina, também, a forma de estocagem de água nos músculos.

Ou seja: uma restrição severa desse macronutriente pode até reduzir o peso corporal – eliminando água, principalmente. Entretanto, o que acontece é a perda de massa magra, já que a água não se mistura com a gordura.

Portanto, a síntese proteica depende do estado de hidratação da célula. Uma célula bem hidratada fará a síntese proteica no seu limite de competência. Na falta de “carbo”, a síntese é limitada e o ganho de massa magra, por sua vez, é prejudicado.

(*) Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

Últimas notícias