Ser vegetariano te faz mais saudável? Nutricionista esclarece

No Brasil, 14% da população já se declara vegetariana, segundo pesquisa Ibope divulgada dois anos atrás

atualizado 23/11/2020 19:23

garfos com alimentosiStock

Engana-se quem acha que o vegetarianismo é uma conduta nutricional recente. Nomes como Sócrates, Leonardo da Vinci, Mahatma Gandhi e Pitágoras aderiram a esse estilo de alimentação que, atualmente, está em pleno crescimento.

Basicamente, ele se baseia na exclusão total ou parcial de alimentos de origem animal e de derivados alimentícios deles, sendo considerado vegano aquele indivíduo que não consome ou faz uso de qualquer produto que tenha como matéria-prima derivados de animal.

No Brasil, 14% da população já se declara vegetariana, segundo pesquisa Ibope divulgada dois anos atrás. Mas, seria esse o caminho para se tornar uma pessoa mais saudável?

Quando bem planejada e ajustada, a dieta vegetariana pode promover muitos benefícios à saúde. Um estudo prospectivo realizado pela Epic Oxford (European Prospective Investigation on Cancer) demonstrou que vegetarianos, em especial veganos, são mais magros que os onívoros.

0

Algumas das explicações se devem ao fato dos veganos consumirem mais fibras, nozes, sementes, grãos integrais, menos gorduras e, consequentemente, menos calorias.

O mesmo estudo também relatou associação entre o consumo de carne vermelha e um maior risco de desenvolver sobrepeso e obesidade. Em relação à mortalidade pelas doenças coronarianas, foram relacionados evidências sobre os benefícios da dieta vegetariana na diminuição de problemas cardiovasculares.

Mais recentemente, a ciência também provou que essa dieta ajuda no controle da diabetes tipo 2, na prevenção de hipertensão e, até mesmo, em diminuir as chances de apresentar alguns tipos de câncer.

Porém, nem tudo são flores. Embora muitos defendam que seja mais saudável, o que vale mesmo é o bom senso. A falta e a exclusão de alimentos de origem animal podem acarretar em deficiências de proteína, ferro, vitamina B12, zinco e outros nutrientes fundamentais para saúde humana.

Além disso, atualmente, houve uma adaptação da indústria, que já fabrica muitos produtos com rótulos chamativos para esse público. Com um crescente número de adeptos ao vegetarianismo, houve um aumento na produção de rótulos vegetarianos, mas contendo diversos aditivos e compostos prejudiciais ao organismo.

O fator principal que pode levar uma dieta vegetariana a ser mais saudável seria justamente o aumento no consumo de alimentos naturais, ricos em fibras e nutrientes, e a diminuição no consumo de produtos industrializados.

Por isso, o vegetariano precisa ter empenho para fazer uma dieta equilibrada e diversificada, a fim de conseguir adquirir todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo, garantindo, assim, sua saúde. O fator mais importante é a qualidade da dieta no geral, e não a conduta por si só. Esse sim é o caminho ideal na busca por mais qualidade de vida.

Últimas notícias