Menina confunde tarja preta com doce de Halloween e quase morre

Garota australiana de 9 anos ingeriu remédio para esquizofrenia achando que era uma bala. Caso aconteceu nessa quinta-feira (31/10/2019)

atualizado 01/11/2019 16:04

Arquivo pessoal

A tradição de pedir doces de porta em porta quase acabou em tragédia em Melbourne, na Austrália, nessa quinta-feira (31/10/2019). Abby, de 9 anos, foi intoxicada e precisou ser internada por ter ingerido um remédio para esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão acreditando ser uma balinha distribuída no Halloween.

Segundo a mãe da garota informou a um jornal local, a pequena começou a se sentir mal por volta das 20h. Ela não conseguia andar em linha reta e estava visivelmente abatida. Ao olhar o balde de doces da filha, encontrou um zip-lock com os comprimidos que a menina ingeriu achando que eram balinhas.

Abby foi hospitalizada e, agora, não corre risco de morte. “A polícia está tratando isso como um caso isolado e não recebeu relatos sobre incidentes similares na área”, disseram as autoridades locais ao 9News.

Últimas notícias