Hiperêmese gravídica provoca vômito excessivo na gravidez. Entenda síndrome

Além de enjoo, essa condição pode ser responsável por problemas psicológicos e físicos durante a gestação

atualizado 14/07/2020 12:16

Reprodução/ O Livre

Um dos sintomas mais famosos da gravidez é o enjoo matinal. Mas, para algumas mulheres, ele não acontece como esperado. Cerca de 2% das gestantes sofrem com a síndrome da hiperêmese gravídica, o excesso de vômito de uma forma violenta que, muitas vezes, impossibilita a retomada da rotina e uma alimentação equilibrada.

Além dessas privações, a condição pode ser responsável por problemas psicológicos e físicos durante a gestação.

A hiperêmese não está ligada diretamente à morte materna, mas pode, sim, causar diversos problemas na mãe e no bebê até o puerpério. O corpo é afetado pela desnutrição e a desidratação que podem afetar a idade gestacional do bebê ou até resultar em um parto prematuro.

Para continuar a leitura e ver o tratamento ideal para a hiperêmese gravídica, acesse o blog Mil Dicas de Mãe, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias