Grávida pode ter contato com gatos?

A toxoplasmose se torna um terror das grávidas, principalmente quando a desinformação a faz desconfiar até do próprio animal

atualizado 28/07/2021 14:33

Gatos na grama petsReprodução/Unsplash

Apesar de existir muitas dúvidas e até falsas informações sobre o contato de grávidas com gatos, o risco de uma doença transmissível entre o bichano e a gestante é mínima. É muito mais fácil você adquirir toxoplasmose ingerindo uma carne mal passada, por exemplo, do que vivendo com gatos na mesma casa – os cachorros não transmitem.

Além disso, a chance de você já ter tido contato com o parasita que provoca a toxoplasmose ao longo da vida, sem nem ter desconfiado, é grande. Portanto, nem pense em doar seu gatinho só por causa disso. Mas como todo cuidado é pouco, é bom se atentar há alguns detalhes se você tem felinos em casa.

O que é a toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença causada pelo parasita Toxoplasma gondii. Em pessoas saudáveis ela passa despercebida, mas, em grávidas, ele pode atravessar a placenta e atingir o feto. Como consequências, pode causar complicações como hidrocefalia (acúmulo de água na cavidade do crânio), cegueira, problemas neurológicos e até morte.

O gato é um hospedeiro natural para ele e pode eliminar seus ovos (oocistos) pelas fezes. Nos outros animais, o toxoplasma pode ficar alojado nos músculos – e por isso o perigo de ingerir carne crua ou mal passada. Continue lendo no BabyHome, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias