Coceira no peito: saiba por que ela pode ser um sinal de alerta

Embora relativamente comum, o incômodo pode ser um indício de problemas mais graves. Entenda

atualizado 31/03/2021 13:41

Coceira no peitoGetty Images

Muita gente sofre com problemas que afetam a pele e que geram coceira intensa, podendo até causar ferimentos. Apesar de ser comum, ela pode indicar alguma doença mais séria.

Qualquer tipo de irritação na pele pode causar coceira, sendo comum que aconteça por uma alergia.

Algumas das causas mais comuns incluem:

  • Calor ou suor excessivo;
  • Picada de inseto;
  • Tecidos ou cosméticos, como sabonetes, cremes e xampus;
  • Produtos de limpeza;
  • Pelos de animais ou plantas;
  • Alimentos;
  • Reação alérgica a medicamentos;
  • Poeira ou ácaros de roupas, livros e estofados.

A coceira no peito é algo bem comum na vida da mulher, mas nem sempre deve ser considerada normal.

Geralmente, acontece por causa de um sutiã novo ou mudança de sabonete, por exemplo. Entre os problemas de saúde, a causa mais provável é um eczema ou algum tipo de condição da pele.

Veja algumas condições de saúde que têm como sintoma persistente na região:

Eczema

É um tipo de irritação da pele caracterizada por coceira, pele áspera, seca e inflamada. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, pode ser crônica ou aguda e em diferentes partes do corpo.

É importante verificar a causa para conseguir realizar o tratamento adequado e não evoluir para lesões mais graves.

Continue lendo no blog Mil Dicas de Mãe, parceiro do Metrópoles. 

Últimas notícias