*

Os dias de sol destas férias têm sido um convite para programas fora de casa, em contato com a natureza. Então, que tal organizar um piquenique cheio de charme para aproveitar com as pessoas queridas?

Apesar de se tratar de um evento ao ar livre, ele requer planejamento. O Metrópoles conversou com três especialistas em decoração e organização de festas em Brasília para te dar dicas infalíveis e fazer um piquenique perfeito. Confira!

Hippie chic, por Anete Carrard 
A decoradora e proprietária da loja A Garimpeira, Anete Carrard, propõe um piquenique indoor com decoração boho, no estilo hippie chic. Fugindo um pouco do modelo tradicional, aqui você pode ousar com toalhas e mantas étnicas, criando um mix de cores e texturas nos objetos.

“Ao optar por fazer o evento no conforto de casa, você não precisa se deslocar para um parque. Ele pode ser feito na grama do quintal de casa ou até mesmo dentro dela, em um dia de chuva”, explica.

Um evento como esse pode custar caro a quem não possui todos os objetos e móveis que serão usados, por isso vale a pena investir em lojas de aluguel, como a de Anete.

Além do orçamento ficar mais acessível – os objetos costumam ser alugados por 10% do valor de compra –, você ainda conta com a consultoria de um decorador para tirar dúvidas, como a respeito da combinação de cores.

 

Tradicional e confortável, por Fabiani Christine
Conhecida pela criatividade no segmento da papelaria e decoração de festas, a empresária Fabiani Christine, da Dot Paper, sugere um piquenique com decoração mais tradicional, mas sem deixar de lado elementos cheios de estilo.

Fabiani sugere um checklist prévio para você não deixar nenhum detalhe de lado antes de sair de casa: repelente, álcool em gel, sacos para recolher o lixo ao final do evento e caixas de isopor ou bolsa térmica para conservar os alimentos e bebidas.

Outro detalhe importante é a decoração. Para o evento ao ar livre, cabe uma ambientação mais campestre, com flores naturais. Dica: prepare saquinhos de organização com alguns cravos. Eles irão espantar as formigas.


Wine picnic, por Kely Pinheiro
Decoradora, fundadora e diretora criativa do site Bella Fiore, Kely Pinheiro propõe um piquenique com vinhos leves e refrescantes e lanchinhos no estilo finger food para um fim de tarde romântico.

Kely sugere que seja montada uma tábua de madeira ou mármore com queijos e pães para acompanhar a bebida. “Enrole uma baguete em papel craft e dê um laço com cordão. As geleias e molhos devem ser levados em potinhos de vidro com tampa. Também vale levar almofadas para deixar o ambiente mais bonito”, sugere.

 

Para o piquenique ficar completo, um cardápio de comidinhas saudáveis não pode faltar. Mas fique atento ao método de conservação.

O nutricionista esportivo e funcional Renato França sugere que se evite alimentos industrializados ultraprocessados, como salgadinhos de pacote, biscoitos recheados, bolos industrializados e também as frituras, como os salgadinhos de festa (coxinha, quibe e pastel, por exemplo).

O ideal é levar os alimentos em recipientes com tampas para evitar que moscas pousem na comida durante o piquenique. Panos limpos para cobrir os lanches também são bem-vindos.

Guarde os sanduíches, carnes, queijos, salada de frutas e suco dentro de um isopor com gelo e retire na hora de servir. O bolo ou outro alimento que não necessite de refrigeração deve ser mantido em local fresco, na sombra, e coberto com filme plástico.

Veja algumas receitas indicadas pelo nutricionista: