Categorias: Comportamento

Uso de celular e tablets à noite aumenta risco de depressão em jovens

Crianças e adolescentes podem estar sentindo os efeitos de trocar brinquedos e outras atividades por celulares e tablets. Um novo estudo da Universidade Griffith com a Universidade Murdoch, na Austrália, concluiu que o uso noturno dos aparelhos, antes da hora de deitar, pode aumentar o risco de depressão.

Os pesquisadores analisaram 1,1 mil alunos de 29 escolas diferentes, com idades entre 8 e 11 anos. Todos os anos, eles eram entrevistados e contavam sobre a qualidade do sono, até que horas trocavam mensagens de textos com os amigos, conversavam por telefone ou checavam suas redes sociais.

No primeiro ano da pesquisa, 85% das crianças tinham celular e um terço delas abandonava o aparelho quando a luz do quarto era apagada. Depois de três anos, os donos de celulares já eram 95%, com apenas um quinto dizendo que não espiava o WhatsApp ou o Facebook antes de dormir.

Os pesquisadores associaram o hábito à dificuldade em lidar com problemas, baixa autoestima e maior irritabilidade. Todos fatores que, segundo eles, podem levar à tristeza profunda.

Da Redação

Últimas notícias

Emocionante! Casal adota pit-bull com câncer terminal

Jordan e Jen Chapman criaram ainda uma lista de desejos para que Marley pudesse ter experiências incríveis antes de partir

2 horas passados

Fácil e deliciosa! Veja a receita da tapioca cartola com queijo

Outra sugestão é acrescentar uma porção de frutas, que pode ser ingerida em sua forma natural e até mesmo acompanhada…

2 horas passados

Veja bloquinhos de Carnaval desta terça (25/02) em Brasília

O Pacotão fará seu desfile com concentração na 302/303 Norte, a partir das 14h

2 horas passados

Rio: Camarote CarnaUOL Nº1 foi ponto de encontro de famosos

Saiba quem são os convidados de Victor Oliva, Flávio Sarahyba e Álvaro Garnero que marcaram presença no evento nesse domingo…

2 horas passados

Aventuras de Poliana: resumo do capítulo desta terça (25/02)

Sinopse do capítulo da novela do SBT

2 horas passados