Saiba por que “apagões”, como os de Scooby, afetam os relacionamentos

Surfista sempre rende assunto nas redes sociais por momentos em que parece “desligar” a mente; a prática pode ser um problema de saúde

atualizado 07/04/2022 11:11

Reprodução/TV Globo

Os internautas que assistem ao Big Brother Brasil estão acostumados a acompanhar os episódios de “apagão” do surfista Pedro Scooby. De tempos em tempos, o participante do reality parece dar “tela azul” entre uma conversa e outra, e o assunto sempre rende meme nas redes sociais.

Contudo, a prática pode não ser apenas um sinal de desatenção do brother, tampouco uma forma de chamar atenção do público e gerar risadas na web. Internautas levantaram a possibilidade de um diagnóstico de epilepsia de ausência, quadro que costuma vir acompanhado de algumas dificuldades de convívio social.

A crise de ausência é um episódio epiléptico, em que há alienação completa em relação ao ambiente exterior. Em geral, ela faz com que o indivíduo fique “fora do ar”, incapaz de responder a qualquer estímulo externo.

0

Cintia Dicker, esposa de Scooby, explicou que os episódios em que o surfista parece se “desligar” do que acontece no entorno costumavam incomodá-la no início do relacionamento, até compreender que não era um sinal de desinteresse dele. Luana Piovani também já revelou que o comportamento “desatento” do ex-marido cumpriu um papel decisivo na separação.

Para explicar do que se trata a síndrome e como ela pode afetar o comportamento e os relacionamentos do indivíduo, o Metrópoles consultou a neurologista Denise França, especialista em epilepsia do Hospital Sírio-Libanês de Brasília.

“O que nos chama atenção, no caso do Pedro, são alguns movimentos repetitivos de padrão definido no momento em que ele perde a interação com as pessoas e o ambiente. O episódio sugere um comportamento epiléptico, a partir do piscamento excessivo após o evento, e algumas movimentações na região da mandíbula”, elucida.

A profissional salienta que não é possível traçar um diagnóstico à distância sem a devida avaliação médica e exames adequados. Contudo, “pelas características observadas nas imagens do programa, é muito sugestivo um quadro de epilepsia de ausência”.

Saiu do ar?

A epilepsia abarca diferentes tipos de crises, generalizadas ou focais. Dentre os casos generalizados, o tipo ausência é uma das mais comuns. O indivíduo parece ter “saído do ar”, se desconecta e permanece alheio ao que ocorre ao redor dele.

As crises têm início súbito, ou seja, o indivíduo não sabe que algo vai acontecer. Têm duração breve, em geral, de cinco a 20 segundos. Da mesma forma abrupta como começam, terminam de forma repentina. “Normalmente, a pessoa não percebe o que aconteceu e, ao final, ela retoma o que está fazendo”, expressa França.

Efeitos no comportamento

De acordo com a neurologista, muitas vezes, as pessoas que têm o quadro são rotuladas como “distantes”, desatentas ou indiferentes. Contudo, na verdade, estão tendo eventos epilépticos. Um dos sinais que podem levar ao diagnóstico é o fator genético ligado à síndrome.

O irmão de Scooby, João Victor, revelou que o “jeito” do surfista é algo herdado e que ele sempre foi assim. “Isso aí é de família. Eu sou assim, minha mãe também é assim… É uma herança que a gente teve da família. Não tem o que fazer”, disse em entrevista ao programa A Tarde é Sua.

Em geral, o problema causa um impacto significativo na qualidade de vida. De acordo com a profissional, estima-se que, atualmente, existam no Brasil mais de 3 milhões de pessoas portadoras de epilepsia.

“Além dos estigmas associados à doença, o fato de se ‘desligar’, essa interrupção do comportamento, causa um prejuízo funcional. Como o seu cérebro fica ‘fora do ar’ por um tempo, ele perde informações importantes”, alerta a médica.

Quando não tratado, o quadro pode afetar negativamente o desempenho em atividades de trabalho, escolares e em relacionamentos amorosos. Portanto, diante da recorrência das crises, é fundamental procurar um especialista em busca de diagnóstico e tratamento adequados.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia.

Mais lidas
Últimas notícias