*

Depois que Wesley Safadão pediu a revisão da pensão alimentícia no valor de R$ 9 mil que fornece ao filho, Yhudy, de 7 anos, a assessoria do cantor revelou as reais intenções dele. Por meio de uma nota, os representantes de Safadão foram contra os apontamentos de Mileide Mihaile, ex-mulher do cantor.

Ao contrário do que Mileide afirma, Safadão, de acordo com seus assessores, não quer reduzir o valor da pensão. “Wesley Oliveira, por meio de sua assessoria de imprensa, esclarece que entrou com ação de revisão de pensão de seu filho mais velho, Yhudy, pedindo a alteração na forma de pagamento e não  a redução da pensão alimentícia, permanecendo inalterado o valor total pago atualmente”, afirma a nota.

Mileide Mihaile, por outro lado, se pronunciou sobre a decisão do cantor que, no pedido feito por ele à Justiça, explica que, além de pagar cerca de R$ 9 mil para o filho mensalmente, tem gastos por fora com ele e com a ex-mulher.

À revista Quem, a mãe de Yhudy, de 7 anos, revela que, de fato, Safadão tem mais gastos com o filho além da pensão. “Pagava por fora a escola dele, que custa R$ 2.600”, contou. Contudo, Mileide informa que o ex-marido vem descontando os valores que se sobrepõe à sua obrigação para com Yhudy.

“Só que há 2 meses, ele desconta a escola do nosso filho e mais de R$ 1 mil de gasolina do valor total da pensão, pois ele simplesmente decidiu assim. Então o valor que fica para o Yhudy é de R$ 5.400”

Trabalhando como influenciadora digital, Mileide revela que a advogada dela, Olívia Pinto, já entrou com um pedido de prisão se Safadão não corrigir os valores dos dois últimos meses descontados. Sobre a profissão, a morena conta: “O que recebo é incerto. Hoje tenho e amanhã não, não é um valor fixo”.

“Cheguei no meu limite de humilhação e desprezo. Não fui uma namoradinha dele. Fomos casados por oito anos e meio. Meu filho foi planejado por mim e por ele durante cinco anos!”, revolta-se Mileide, que decreta: “Eu nem ia brigar por isso, mas só por esse massacre que estou passando, agora vou até o fim”.