*

O cantor Luiz Felizardo, o Solimões, ganhou destaque na mídia esta semana por uma demonstração de apoio e carinho. Aos 56 anos, ele encantou os fãs com seus comentários nas fotos em que o filho Gabriel, 20, aparece com o namorado. Contudo, não é de agora que o artista demonstra aceitar a sexualidade do jovem. Há quatro anos, a relação deles ficou ainda mais forte depois que o rapaz “saiu do armário”.

“Saber da boca do meu filho que ele é gay tirou um peso das minhas costas. Porque não queria que ele se mudasse para São Paulo [a família mora em Franca, interior de SP] sem me contar algo que sempre soube. Não queria que tivesse uma barreira entre nós, que isso impedisse a gente de conversar abertamente. Quero viver em paz, e não viveria se houvesse uma barreira entre o meu filho e eu. Nem eu imaginava que ia saber lidar tão bem com isso. Estou feliz pelo Gabriel”, declarou o cantor em entrevista ao site Universa.

Ele deixou claro que a orientação sexual do jovem não altera em nada o amor que sente por ele. “O importante é ter caráter e ser humilde. O homossexual é uma pessoa normal, como qualquer outra. Para mim, não tem nada de errado. Trato o Gabriel como o meu filho, independente de ele ser gay ou não”, afirmou Solimões, reforçando que não temeu como seus fãs receberiam a notícia. “Não tenho medo de nada. As coisas são como são, e não podemos ter medo do preconceito. A vida é muito curta para termos mágoas dos outros, para não vivermos numa boa”, garantiu.

Gabriel afirma que se assustou com a repercussão que seu relacionamento com o pai despertou na internet. Para o jovem, o amor entre pai e filho deveria ser algo natural, sem causar tanta comoção. Contudo, a homofobia, ainda tão enraizada na sociedade brasileira, torna sua situação digna de aplausos. “As pessoas estão elogiando e enaltecendo algo que deveria ser normal. Estão elogiando a postura do meu pai porque, infelizmente, não tratam a homossexualidade como algo comum. Por que um gay afeminado como eu não poderia ser filho de um sertanejo raiz?”, questionou.