*

Sheron Menezzes deixou os fãs emocionados depois de compartilhar os momentos do parto de seu filho, Benjamin. Em um relato de duas partes no Instagram, com fotos tiradas por Amanda Vargas, a atriz revelou as dores, as dificuldades e a felicidade posterior ao processo natural de dar à luz.

Antes da vinda do herdeiro ao mundo, Sheron confessa que passou por maus bocados. Detalhadamente, sua história mistura dor e alegria. “Uma dor que não veio devagar como se espera. Ela chegou me esmagando”. Entretanto, assim que segurou a criança, toda a angústia desapareceu. “De repente eu explodi em amor… Ele chegou e veio para os meus braços… Não sabia o que fazer, o que sentir…”.

Benjamin, nascido em 20 de outubro, foi homenageado pela mãe, que declara: “O amor em forma de um neném… um neném calmo, tranquilo, que não chorou, não berrou, e com os lindos e expressivos olhos abertos só observou”. Ela conclui que, agora, vive por dois. Leia o relato completo da atriz:

Ele chegou da maneira que ele quis. Do jeitinho que eu sempre disse pra ele vir. No tempo dele… e eu respeitei.
Minha bolsa estourou de madrugada e ele disse: Mãe, aguenta aí. Não vou agora. Segura sua ansiedade e dorme um pouco porque depois não terá mais tempo. Relaxa que quando eu estiver pronto pra te conhecer eu te aviso… E assim passei o dia… esperando. Vamos à medica. Nenhuma contração e 1 cm de dilatação. Ela me pede pra voltar pra casa e dar uma caminhada e ir até a acupuntura para ver se dava inicio ao processo. Esta bem, vou só colocar o tênis e … neste instante, sem aviso, sem os primeiros sinais, ele resolveu que queria me ver. Foi de repente mesmo. De nenhuma contração para todas as contrações e quase 6 cm de dilatação em 45 min. Uma dor que não veio devagar como se espera. Ela chegou me esmagando. Não tive tempo de pensar em nada… de terminar o que tinha planejado. De fazer tudo com calma e aproveitar o nosso momento antes do encontro. Foi rápido demais. Eu não conseguia pensar, ele queria me ver! Agora! Corre pro hospital, trânsito…muito transito…pede ajuda da polícia pra abrir o caminho ou ele nascerá no carro mesmo… tenta avisar a família entre uma contração e outra… avisa aos berros… elas estão vindo uma atras da outra… Chega na maternidade já no expulsivo, com muita dor mas certa de que era assim que ele queria. Então vamos tentar aproveitar um pouco antes do grande encontro. Não dá ! A dor não deixa… Mas vamos tentando. Gemendo, gritando, sorrindo e dançando… nos divertindo também… Foi assim que planejei a chegada dele… em festa! Demora… nossa como demora…nossa como demora… dói, dói muito! Mais 4 horas… tanto tempo e só 8 cm de dilatação?! Lembra que é no tempo dele ?… sim. Não tenho mais forças, minhas pernas bambeiam mas minha equipe me incentiva… eu vou conseguir… nós vamos conseguir… ele para. Resolve descansar um pouquinho… eu respeito. Pego na mão do papai dele e esperamos que ele volte a dançar com a gente…. Ele mostra que vem… precisa de mais 3 horinhas mas vem… devagar… e nós vamos com ele… subindo, descendo, deitando, agachando… sim! Agachando!!!!! É assim que ele quer. De cócoras. Então vamos… falta pouco, muito pouco pra te ter filhote… A força se triplica. De onde ela vem? Do amor, da vontade, do desejo, da espera, da dor!!! Ela vem!!!!!! Força,muita força…E junto com ela vem a explosão!!!!!! O amor em forma de um neném… um neném calmo, tranquilo, que não chorou, não berrou, e com os lindos e expressivos olhos abertos só observou. Observou muito e me mostrou o quanto ainda tenho pra aprender. E tudo valeu a pena… e tudo fez sentido! Agora percebo que eu não sabia nada e ainda não sei… Mas vou aprender com ele e ele comigo. Vou aprender a ser mãe, vamos aprender a sermos pais e ele aprenderá a ser filho.
Te amo infinito passarinho.

O PARTO – parte 1 De repente eu explodi em amor… ele chegou e veio direto para os meus braços… nao sabia o que fazer, o que sentir… Tudo se embaralha e desembaralha em 1 segundo. UM segundo. O tempo que eu levei pra entender que agora eu vivo por 2. Pra sempre. Ele chegou da maneira que ele quis. Do jeitinho que eu sempre disse pra ele vir. No tempo dele… e eu respeitei. Minha bolsa extourou de madrugada e ele disse: Mãe, aguenta aí. Não vou agora. Segura sua ansiedade e dorme um pouco porque depois não terá mais tempo. Relaxa que quando eu estiver pronto pra te conhecer eu te aviso… E assim passei o dia… esperando. Vamos à medica. Nenhuma contração e 1 cm de dilatação. Ela me pede pra voltar pra casa e dar uma caminhada e ir até a acupuntura para ver se dava inicio ao processo. Esta bem, vou so colocar o tênis e … neste instante, sem aviso, sem os primeios sinais, ele resolveu que queria me ver. Foi de repente mesmo. De nenhuma contração para todas as contrações e quase 6 cm de dilatacao em 45 min. Uma dor que nao veio devagar como se espera. Ela chegou me esmagando. Nao tive tempo de pensar em nada… de terminar o que tinha planejado. De fazer tudo com calma e aproveitar o nosso momento antes do encontro. Foi rapido demais. Eu não conseguia pensar, ele queria me ver! Agora! Corre pro hospital, trânsito…muito transito…pede ajuda da polícia pra abrir o caminho ou ele nascerá no carro mesmo… tenta avisar a familia entre uma contração e outra… avisa aos berros… elas estão vindo uma atras da outra… Chega na maternidade já no expulsivo, com muita dor mas certa de que era assim que ele queria. Então vamos tentar aproveitar um pouco antes do grande encontro. Não dá ! A dor não deixa… Mas vamos tentando. Gemendo, gritando, sorrindo e dançando… nos divertindo tambem… Foi assim que planejei a chegada dele… em festa! Demora… nossa como demora.. ( CONT NO PRÓXIMO POST) #meuguri #pacotinhodeamor #passarinhodamae #babybenji #bbenji @amandavargas.fotofilme

Uma publicação compartilhada por Sheron Menezzes (@sheronmenezzes) em

O PARTO – parte 2 (Cont… parte 1 no post anterior) Demora… nossa como demora… dói, dói muito! Mais 4 horas… tanto tempo e só 8 cm de dilatacao?! Lembra que é no tempo dele ?… sim. Não tenho mais forças, minhas pernas bambeiam mas minha equipe me incentiva… eu vou conseguir… nós vamos conseguir… ele para. Resolve descansar um pouquinho… eu respeito. Pego na mão do papai dele e esperamos que ele volte a dançar com a gente…. Ele mostra que vem… precisa de mais 3 horinhas mas vem… devagar… e nós vamos com ele… subindo, descendo, deitando, agachando… sim! Agachando!!!!! É assim que ele quer. De cócoras. Então vamos… falta pouco, muito pouco pra te ter filhote… A força se triplica. De onde ela vem? Do amor, da vontade, do desejo, da espera, da dor!!! Ela vem!!!!!! Força,muita força…E junto com ela vem a explosão!!!!!! O amor em forma de um neném… um neném calmo, tranquilo, que não chorou, não berrou, e com os lindos e expresivos olhos abertos só observou. Observou muito e me mostrou o quanto ainda tenho pra aprender. E tudo valeu a pena… e tudo fez sentido! Agora percebo que eu não sabia nada e ainda não sei… Mas vou aprender com ele e ele comigo. Vou aprender a ser mãe, vamos aprender a sermos pais e ele aprenderá a ser filho. Te amo infinito passarinho. #meuguri #pacotinhodeamor #passarinhodamae #babybenji #bbenji @amandavargas.fotofilme

Uma publicação compartilhada por Sheron Menezzes (@sheronmenezzes) em



COMENTE

 
gravidezpartoSheron Menezzesrelato