*

José Loreto e Débora Nascimento aguardam, ansiosos, a chegada da primeira filha, Bella. O ator já vem se preparando para a educação da menina, e, em grande reflexão, decidiu que não vai diferenciar brinquedos para ela de acordo com gênero, ou seja, Bella irá brincar com o que quiser.

Em entrevista à edição de novembro da revista “Claudia”, Loreto confessou estar lendo “Para Educar Crianças Feministas – Um Manifesto”, da escritora Chimamanda Ngozi Adichie, e a obra tem influenciado em sua mudança de perspectiva.

Ele relembrou o momento em que Débora colocou um sapatinho vermelho sobre seu travesseiro para anunciar a gravidez. Loreto havia achado que a mulher estava grávida de um menino. “Olha como sou machista. Se fosse um par de sapatilhas [pensaria que era] menina”, disse.

O ator reviveu a infância quando era repreendido pelos pais por tocar nas bonecas das irmãs. “Por que uma menina não pode se fantasiar de Batman? E um menino de Branca de Neve?”, indagou. Assim, ele e Débora pretendem deixar Bella à vontade para se divertir a seu modo.

“Não quero que minha filha seja inferiorizada, que receba menos do que um homem no trabalho, que seja vítima de abusos”, declarou, admitindo, logo após, que essa situação na qual as mulheres estão inseridas “ainda parece muito normal para as pessoas”.



COMENTE

 
igualdade entre gênerosjosé loretoDebora Nascimentogênero e sexualidade