*

Você acha que só sua família é complicada? Então, conheça a de Meghan Markle. Na semana do grande casamento real entre o príncipe Harry e a ex-atriz, o pai dela desistiu de participar da cerimônia. O meio-irmão da noiva a acusa de ser falsa, parentes distantes reclamam por não terem recebido convites para o evento, e a meia-irmã está escrevendo um livro sobre a futura duquesa.

Desde o anúncio do noivado do casal, em novembro de 2017, os parentes da americana têm tentado ganhar fama e dinheiro com o casamento. No final do ano passado, o príncipe disse estar feliz por a noiva ter passado “um Natal com a família que ela nunca teve”.

Meghan nasceu em Los Angeles e foi criada pelos pais, Doria Ragland e Thomas Markle. Doria é instrutora de yoga e servidora social, enquanto Thomas era diretor de iluminação em sets de televisão. O casal divorciou-se quando a ex-atriz tinha 6 anos de idade e, a partir de então, Meghan passou a morar somente com a mãe.

Doria foi vista ano passado com a filha e o príncipe Harry, no evento Invictus Games. Tabloides apontam que Harry teria pedido permissão para se casar com Meghan nesse dia. Em uma entrevista, ele chamou a mãe da ex-atriz de “maravilhosa”. A americana continuou em contato com o pai, mas Thomas ainda não teria conhecido o noivo de Meghan.

Antes de casar com Doria, Thomas teve dois filhos: Samantha e Thomas Junior. Pela diferença grande de idade – a mais velha tem 53 anos, e o meio-irmão, 51 –, a futura duquesa não conviveu tanto com eles. Mesmo assim, quando o relacionamento de Meghan e Harry foi anunciado, Samantha trocou o sobrenome de Grant para Markle e começou a postar sobre a meia-irmã em suas redes sociais.

Segundo o The Sun, Samantha e Meghan não se falam desde 2008. A irmã mais velha está escrevendo um livro chamado The Diary of Princess Pushy’s Sister (O Diário da Irmã da Princesa Mandona, em tradução livre) e, no final de semana, revelou estar por trás de fotos que paparazzi tiraram do pai dela. Thomas tinha sido fotografado malhando e pesquisando imagens de Meghan e Harry.

Os cliques pareciam espontâneos, mas o Daily Mail descobriu que o pai da ex-atriz tinha colaborado com paparazzi para montar as fotos e criar uma imagem positiva dele. As imagens, supostamente ideia de Samantha, circularam o mundo e foram vendidas para diversos sites por cerca de R$ 500 mil.

Thomas Junior também não é fã da irmã mais nova. Ele enviou uma carta para o príncipe Harry, na qual disse que o evento de sábado é “o maior erro na história dos casamentos reais” e se referiu a Meghan como uma pessoa “vazia, viciada e egocêntrica”.

O filho de Thomas Junior, Tyler, e a ex-esposa dele, Tracy, protagonizaram mais um momento desconfortável da família. Eles deram uma entrevista para uma televisão britânica e revelaram não terem sido convidados para o casamento de Meghan. O sobrinho da noiva disse que sempre apoiou a tia. “Não acho que vamos receber o convite, mas tudo bem. Estamos orgulhosos dela”, finalizou Tracy.