*

Ellen Roche, a saudosa Suzy de O Outro Lado do Paraíso, admitiu, em entrevista ao UOL, que sofreu preconceito na TV Globo quando passou a trabalhar para a emissora. Segundo a atriz, ela sentia ceticismo por parte dos colegas em relação à sua competência.

“Sentia uma olhada do tipo: ‘Será que ela vai dar conta?’, ‘Será que ela consegue decorar o texto?’. E cada desafio que me passavam, serviu para fortalecer, dar um gás”, contou.

Apesar de O Outro Lado já ter acabado, ela ainda está recebendo feedback devido ao papel da enfermeira. “[As pessoas ainda] perguntam pela Tigrinha”, disse. Ellen já está escalada para um novo trabalho na emissora e também está gravando Escolinha do Professor Raimundo, onde dá vida à personagem Dona Capitu.

Atuar não foi sempre o sonho de Ellen, que quando mais jovem queria investir em uma carreira bem diferente. De qualquer modo, se diz realizada com o que faz. “[Ser atriz] é uma carreira tão bacana, que amo e fui aprendendo a gostar, porque na verdade queria fazer medicina”, admitiu.

Ellen começou sua carreira televisiva no SBT, onde ficou por sete anos. “Trabalhei sete anos no SBT. Fiz o ‘Qual é a Música?’ e fui assistente de palco do Silvio. Vejo que foi uma evolução, um aprendizado constante. Minha carreira não foi meteórica, foi de degrau por degrau, aprendendo, tijolinho por tijolinho”, relembrou.

Sobre o ex-chefe Silvio Santos, guarda muito carinho. “Tenho muitas lembranças. O Silvio foi como uma família para mim, porque comecei muito novinha lá. Estou com 22 anos de carreira já. O Silvio é maravilhoso, tratava a gente como se fosse filha praticamente, brincando sempre”, disse com nostalgia.



COMENTE

 
SBTpreconceitoGloboo outro lado do paraísoEllen Roche

Leia mais: Celebridades