*

Charlie Sheen é uma fábrica de escândalos. Além do seu envolvimento com drogas, ele foi acusado de assediar sexualmente sua dentista durante uma consulta e Denise Richards, sua ex-mulher, afirmou que o ator assistia vídeos pornográficos de garotas e garotos com aparência jovem, supostamente, menores de idade. Agora, Sheen é suspeito de ter estuprado um ator adolescente.

Quando tinha 19 anos, o astro participou do longa “Lucas”, lançado em 1986, com o ator-mirim Corey Haim, de 13 anos na época. Membros da equipe do filme e pessoas do elenco alegam assédios de Sheen, que teria mantido relações sexuais com Haim. Após lutar contra o vício em drogas, Haim morreu de pneumonia aos 38 anos, em 2010.

O ator Corey Feldman, amigo de Haim, escreveu sobre o caso em seu livro. “Haim disse que durante as filmagens de ‘Lucas’, um adulto o convenceu que era perfeitamente normal homens mais velhos e adolescentes da indústria cinematográfica transarem. Ele era inocente e foi sodomizado”. Feldman não revelou o nome da pessoa sobre quem estava falando.

“Haim me contou que os dois fumaram maconha e transaram. Ele disse que também fizeram sexo anal e, depois disso, Sheen ficou frio”, afirmou o ator Dominick Brascia. “Haim ficou tão confuso com o incidente e acreditou, como acontece com várias vítimas, que estava apaixonado por seu abusador”, revelou uma fonte ao National Enquirer.

Pessoas próximas a Haim acreditam que o vício do ator em drogas foi causado por experiências traumáticas no começo de sua vida. A apuração feita pelo portal aponta que outros menores teriam sido assediados sexualmente por Sheen: oito pessoas disseram à reportagem que foram abusadas pelo astro.



COMENTE

 
Abuso sexualcharlie sheen#Assédio