Anselmo Matos: conheça o RP que agita as noites do Universal Diner

"Tive uma infância humilde e sofri muita homofobia, mas nunca deixei o sorriso de lado", dispara o relações públicas da chef Mara Alcamim

atualizado 06/09/2019 20:00

Igo Estrela/Metrópoles

Quem frequenta o Universal Diner certamente já se deparou com uma figura excêntrica em meio aos corredores do restaurante da 210 Sul. Entusiasta dos acessórios que abusam das plumas e paetês, Anselmo Matos quase se camufla na decoração pitoresca do ambiente, mas sua personalidade efervescente faz com que ele se destaque. Intitulado como relações públicas da casa, ele é unanimidade entre clientes e funcionários. Tem como marcas registradas o sorriso no rosto e as performances no pole dance do bar.

Ele declara que sua rotina é uma festa. “Vivo rodeado de colegas e clientes queridos. O que mais da vida posso querer?”, indaga. Lembra, porém, que seus dias nem sempre foram pautados pela alegria. “Nasci em uma família humilde de São Luís, no Maranhão. Tive uma infância conturbada. Meus pais se divorciaram quando era pequeno e aprendi desde cedo a compartilhar o pouco que tinha com nove irmãos”, rememora.

 

Fora os problemas dentro de casa, ele diz ter sofrido muita homofobia na rua. “Imagine só: um homem gay, décadas atrás, no Nordeste”,  dispara. Uma oportunidade de trabalho na capital federal veio a tempo de impedir que os conflitos familiares e o preconceito amargurassem o maranhense. “Tinha 18 anos à época. Partir foi libertador”, conta.

Ao chegar a Brasília, ele assumiu o posto de ajudante em um bufê de festas e mergulhou em uma jornada de autoconhecimento. “Os donos da empresa eram um casal de gays da França. Longe de pressões de terceiros e cercado por novos amigos, pude ser quem realmente sou”, exclama. O emprego foi o pontapé de uma carreira em endereços gastronômicos badalados da cidade. “O bichinho da gastronomia me picou. Nunca mais saí da área. Acumulo experiências, por exemplo, no Oliver e Nolita”, cita.

0

A parceria profissional com Mara Alcamin, à frente do Universal, veio há quatro anos. “Anselmo é diversão garantida. Todo mundo gosta dele”, derrete-se a chef. A missão dele no restaurante, que acumula 21 anos de tradição, é fidelizar clientes. “E faz isso muito bem. É natural para ele criar laços afetivos”, adiciona.

Figura carimbada nos eventos celebrados na casa, o RP mantém bom relacionamento com personalidades de destaque na sociedade. “Anselmo anima qualquer ambiente. Sua alegria de viver é contagiante. As memórias ao lado dele são muitas. Para se ter ideia, certa vez ele me convenceu a dançar no pole dance“, assume, aos risos, a colunista social do Metrópoles, Claudia Meireles.

Outro fã de carteirinha do profissional é o também relações públicas Tiago Correia. “Ele é o mestre-sala perfeito: reserva a mesa que adoro ficar, sabe que o meu drinque favorito é o gim tônica com Hendrick’s, pepino e nada de açúcar; e entende que, quando me empolgo, nem precisa chamar duas vezes para dançar”, ressalta Tiago. “Ele cuida de mim e dos meus convidados com o maior carinho. É parte do Universal e um anjo bom quando estamos por lá”, enfatiza.

Questionado sobre de onde vem tamanha energia e habilidade com os clientes, Anselmo diz: “Acredito que herdei esse ar desinibido do meu pai. Passo nas mesas do restaurante e a interação simplesmente flui. Adoro arrancar sorrisos e tornar a experiência das pessoas prazerosa. Quando me pego acanhado, coloco uma música animada no som da casa e pronto: estou de volta à ativa”.

O que mais recompensa no ofício, segundo ele, é a troca afetuosa com os frequentadores. “Já ouvi de um cliente: ‘estava sozinho em casa, triste, quando decidi vir para cá tomar um drinque com você’. Isso é impagável”, emociona-se.

O RP trabalha de segunda a sábado, majoritariamente à noite. “Faço exceções quando os clientes pedem, principalmente para aniversários e noivados na hora do almoço”, pondera. Ter a presença dele em uma comemoração é elevar o nível da festa. “Brindes e gargalhadas são garantidos”, assegura.

Últimas notícias