Sofre com suor excessivo? Adesivo metálico pode resolver o problema

Empresa dos Estados Unidos testa adesivo metálico que combate o suor excessivo. Método desativa glândulas sudoríparas temporariamente

atualizado 15/11/2022 15:58

Getty Images

Um simples adesivo metálico pode ser a solução para pessoas que sofrem de hiperidose nas axilas, condição caracterizada pela produção excessiva de suor. A tecnologia está sendo testado pela empresa norte-americana Candesant Biomedical e promete reduzir a sudorese em apenas três minutos. A publicação do estudo inicial foi feita na revista Dermatologic Surgery

O dispositivo é fixado diretamente na pele e aquece quando entra em contato com a transpiração. Em seguida, ele desativa as glândulas de suor temporariamente. No primeiro teste, realizado com 16 pessoas com hiperidose, o adesivo beneficiou 83% dos voluntários.

No estudo, 13 dos 16 voluntários apresentaram uma redução significativa da produção de suor depois de seis semanas utilizando um adesivo por dia. Os participantes que usaram um aderente placebo não notaram melhora na condição.

Sem efeitos colaterais

Apesar de já existirem tratamentos para a hiperidose, como medicamentos, cirurgia e aplicação de botox, o novo dispositivo é uma promessa não invasiva e sem efeitos colaterais. Ele é feito de uma folha de metal alcalino que, ao ser aquecida pela pele, produz uma reação química com a água do suor e desativa as glândulas endócrinas. O dispositivo deve ser usado por cerca de três minutos.

Durante a utilização, o paciente sente um pequeno desconforto. Mesmo assim, a equipe responsável pelo desenvolvimento da tecnologia está otimista. “O adesivo oferece uma forma terapêutica conveniente e que traz melhor aceitação de pacientes com hiperidose nas axilas”, escreveram os pesquisadores norte-americanos na Dermatologic Surgery.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias