Seja mais feliz! Veja 5 formas de aumentar a ocitocina naturalmente

A produção do "hormônio do amor" pode ser estimulada com alimentação saudável, abraços ou a convivência com um pet

atualizado 17/10/2020 10:41

O hormônio ocitocina está relacionado à sensação de bem-estarKim Carpenter/Unplash

O hormônio ocitocina é fabricado de maneira natural pelo corpo quando a pessoa está relaxada e segura, mas também é possível estimulá-lo, aumentando sua produção pelo contato físico, praticando boas ações, tendo uma alimentação saudável ou, até mesmo, com a adoção de um animal de estimação.

Conhecido como “hormônio do amor”, a ocitocina está ligada à sensação de prazer, ela também ajuda no trabalho de parto e na amamentação. Também é essencial para melhorar o relacionamento interpessoal e o bem-estar. Os efeitos da ocitocina conseguem reduzir as chances do aparecimento de transtornos psicológicos, como a ansiedade.

As principais formas naturais de aumentar a  produção de ocitocina são:

1. Contato físico
O contato físico em forma de abraços, massagens, cafunés e carinhos estimulam a produção do hormônio. O sexo também.

Outra maneira de aumentar a ocitocina é ter relações profundas de amizade, onde existam confiança e amor. Além da ocitocina, os relacionamentos positivos promovem a liberação de adrenalina, noradrenalina e serotonina na corrente sanguínea.

2. Praticar boas ações
Ser honesto, generoso ou ter compaixão também conseguem elevar os níveis de ocitocina na circulação sanguínea. O cérebro responde a atitudes assim aumentando a produção do hormônio.

Cultivar emoções positivas estimula não só a produção de ocitocina mas também a de outros hormônios, como dopamina, serotonina e endorfinas, que são essenciais para o sentimento de felicidade.

3. Amamentar
O movimento de sucção do bebê no seio quando a mulher está amamentando tem efeito imediato no hipotálamo, região do cérebro capaz de liberar a ocitocina na corrente sanguínea.

4. Ter uma alimentação equilibrada
Uma alimentação equilibrada e saudável, à base de legumes, frutas, verduras e cereais, ajuda o corpo a aumentar a produção de ocitocina e outros hormônios do bem-estar.

A recomendação é que a dieta contenha alimentos ricos em vitamina C, magnésio, vitamina D e taurina. Também são indicados chás naturais que reduzam a ansiedade, como o de camomila e o de alfazema.

5. Adotar um animal de estimação
A presença de um animal de estimação reduz o cortisol, hormônio responsável pelo estresse, aumenta os níveis de ocitocina, dopamina e serotonina no sangue. Além de reduzir a solidão, o convívio com um pet promove a sensação de bem-estar.

Últimas notícias