RJ identifica nova variante do coronavírus em circulação no estado

A nova variante é uma mutação da cepa que apareceu pela primeira vez em Manaus. Ainda não se sabe se ela é mais transmissível

atualizado 06/05/2021 15:49

Ilustração da estrutura do coronavírusAndriy Onufriyenko/Getty Images

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio (SES-RJ) divulgou, nesta quinta (6/5), a identificação de mais uma variante do coronavírus circulando no estado. A cepa, chamada de P.1.2, é uma mutação da variante P.1, identificada pela primeira vez em Manaus.

Não há informações sobre a capacidade de transmissão ou letalidade da nova cepa, e ela ainda circula timidamente. Foram analisadas 376 amostras, e a P.1.2 foi identificada em 5,85% delas. A mais prevalente no estado continua sendo a P.1 (91,49%), e também estão presentes a B.1.1.7 (variante britânica, 2,13%) e a P.2 (identificada primeiro no RJ, 0,53%).

A nova variante foi encontrada principalmente no Norte Fluminense, mas também em amostras nas regiões Metropolitana, Centro-sul e Baixada Litorânea.

Veja, na galeria, o que são variantes e quais são as mais comuns:

0

Últimas notícias