metropoles.com

Quer perder peso? Melhor pular o café da manhã, aponta estudo

Pesquisadores constataram que não existe evidência suficiente para recomendar o café da amanhã a quem quer emagrecer, e que é melhor jejuar

atualizado

Yagi Studio
Mesa de café da manhã farta com ovos, pães e líquidos

A fórmula para quem quer emagrecer é simples: comer menos calorias do que se gasta e investir em um cardápio saudável e em exercícios físicos regulares. A ciência, porém, ainda não entrou em consenso sobre a importância do café da manhã. Afinal, é melhor apostar em um prato nutritivo no começo do dia ou pular a refeição?

Para pesquisadores da Monash University, na Austrália, o ideal é deixar o café da manhã para depois — eles apontam que um cardápio reforçado no começo do dia não afeta a perda de peso. Pontuam ainda que o é melhor optar pelo jejum intermitente.

Os cientistas revisaram quase uma dúzia de estudos para chegar à conclusão de que não existem evidências suficientes para apoiar o consumo de café da manhã como uma forma de evitar sobrepeso ou obesidade. Os resultados foram publicados na revista científica British Medical Journal.

A pesquisa mostrou que comer todas as refeições dentro de um intervalo de oito a 12 horas – e jejuar pelas horas restantes do dia – é a melhor estratégia para emagrecer, uma vez que o hábito limita os lanches e as refeições noturnas.

“O café da manhã não é necessário para dar o pontapé inicial no dia ou acordar, já que o relógio biológico interno libera as substâncias químicas que nos ajudam a sair da cama com ou sem a refeição”, diz a pesquisadora em nutrição Federica Amati, em entrevista ao portal MailOnline.

Segundo a especialista, seria melhor pular o café da manhã e fazer uma refeição com ovos, cogumelos, verduras, tomates, feijões e alguns grãos integrais um pouco mais tarde.

“É necessário cautela ao recomendar o café da manhã para perda de peso em adultos, pois o conselho pode ter o efeito oposto. Mais estudos de alta qualidade são necessários para examinar o papel da refeição na abordagem do controle de peso”, destacam os cientistas no artigo publicado.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.






Quais assuntos você deseja receber?