Confira opções para incluir mais proteínas na sua dieta

As dietas proteicas não precisam se resumir a frango, carne e ovo. É possível variar com atum, queijos e vegetais

atualizado 10/04/2019 22:10

Chuttersnap, Unsplash

As proteínas são fundamentais para regular o organismo. Além de ajudarem na constituição dos músculos, elas nos dão energia para as tarefas do dia a dia. Ultimamente, as dietas proteicas, como a low-carb, têm sido bastante procuradas por quem quer perder peso.

Separamos alguns alimentos ricos em proteína para serem incluídos neste tipo de dieta. Segundo a nutricionista Patrícia Ruffo, da clínica Abbott, o ideal é que cada refeição contenha em média de 25 g a 30 g de proteínas.

Ovo: uma unidade contém 6 gramas de proteína. Sendo assim, se você começar o dia com um omelete de três ovos mais queijo ou alguns vegetais, como brócolis, é possível bater a meta proteica na primeira refeição do dia, o café da manhã.

Queijo cottage: o queijo é uma excelente fonte de proteína. No entanto, dependendo do tipo que você escolhe, tem também muita gordura. O cottage é uma das exceções, já que meia xícara tem 12 gramas de proteína. Experimente comer no lanche uma torrada integral com cottage e geleia sem açúcar.

Edamame: é um vegetal conhecido como soja verde e que às vezes fica esquecido entre tantos outros alimentos. Contudo, vale incluí-lo na dieta, pois o edamame é uma excelente opção de lanche. Em apenas uma xícara, há 26 gramas de proteína, além de ferro, cálcio e fibras. O seu preparo exige três minutos em água fervente e basta acrescentar um pouco sal, pimenta e azeite.

Atum: facílimo de consumir, esse peixe é uma fonte de proteína bastante presente nas despensas. Uma lata com 140 g de atum tem em média 32 g de proteína. Para incluí-lo no cardápio, basta drenar o líquido da lata e juntá-lo à comida. Versátil, ele pode ser usado em pastas, molhos, recheios de torta, omeletes e até puro.

Lentilhas: uma xícara de lentilha cozida contém 18 gramas de proteína, além de ferro e fibra. É considerada uma excelente fonte de proteína para vegetarianos e veganos, pois é possível usá-la em receitas de hambúrgueres, saladas e pastas.

Sementes de abóbora: elas representam cerca de 3% do peso do alimento, mas geralmente são descartadas. No entanto, a semente é riquíssima em fibra e principalmente em proteína. Cerca de 100 gramas têm 18 gramas de proteína. É possível incluí-la no cardápio crua, cozida, tostada ou frita. Basta tirar da abóbora, limpar e guardar.

Últimas notícias