OMS apoia reabertura de economias, desde que países sigam orientações

Em entrevista-coletiva, diretor-geral explicou que é preciso garantir que volta das atividades não implique em aumento dos casos de Covid-19

atualizado 04/09/2020 16:54

Tedros Adhanom Ghebreyesus, Director-General of the World Health OrganizationPhoto: Sven Hoppe/dpa (Photo by Sven Hoppe/picture alliance via Getty Images)

Durante entrevista-coletiva na tarde desta sexta-feira (4/9), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que esteve em uma reunião com representantes do G20 e discutiu a reabertura das economias mesmo antes do fim da pandemia.

“Isso é algo que a OMS apoia completamente. Quarentenas são um instrumento pesado, que causaram grandes prejuízos em muitos países”, afirmou.

Segundo ele, porém, é preciso seguir uma série de orientações para que essa reabertura seja segura e não acabe aumentando novamente os números de casos de Covid-19 e óbitos relacionados à doença. “Com a combinação certa de medidas direcionadas e personalizadas, outros bloqueios nacionais podem ser evitados”, disse.

0

Últimas notícias