Após reabertura, Saúde fiscalizou mais de 1.800 bares e restaurantes do DF

Vigilância Sanitária monitora estabelecimentos desde julho: 15% dos atendimentos ocorreram após demandas na Ouvidoria do GDF

atualizado 25/08/2020 17:06

agente da vigilância SanitáriaBreno Esaki/Agência Saúde DF

No dia 15 de julho, bares e restaurantes foram autorizados a voltar a funcionar em todo o Distrito Federal. De lá para cá, a Vigilância Sanitária já promoveu mais de 1.800 ações fiscais nesses estabelecimentos.

Além de participar das operações integrada a outros órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), a Vigilância Sanitária ainda realiza ações próprias, de vistorias e atendimento de denúncias, com o objetivo de verificar se os comércios estão respeitando as normas de segurança estabelecidas no Decreto do GDF para o combate à pandemia do novo coronavírus.

“Desde a reabertura de bares e restaurantes, já realizamos 400 ações fiscais somente nos finais de semana. São ações realizadas pelas quatro equipes, cada uma composta de três auditores e um motorista, da Vigilância Sanitária. Essas equipes verificam os estabelecimentos de perto, fazendo vistoria em todas as áreas, vendo capacitação dos funcionários, registros de temperaturas, manipulação de alimentos. São ações que duram, pelo menos, uns 30 minutos”, explica a gerente de Fiscalização da Vigilância Sanitária do DF, Márcia Olivé.

“As denúncias aumentam nos finais de semana. Somente no último sábado, no período das 19h às 2h, atendemos 56 reclamações sobre o descumprimento do Decreto do GDF em bares e restaurantes. As principais irregularidades são aglomeração e não uso de máscara. Essas ações fiscais foram realizadas por duas equipes e resultaram em 16 autos de infração e cinco estabelecimentos fechados”, informa.

0

Final de semana

No último sábado, a Vigilância Sanitária participou de todas as operações previstas em conjunto com os órgãos do GDF. As ações ocorreram das 8h às 12h e das 14h às 17h, no Plano Piloto, Recanto das Emas e em Ceilândia.

Além disso, durante a noite, duas equipes da Vigilância Sanitária atenderam 56 denúncias de bares e restaurantes e uma denúncia de condomínio, sendo tudo relacionado ao desrespeito às normas estabelecidas contra a pandemia, com aglomeração, não uso de máscara e não adoção das medidas de segurança de prevenção à Covid-19.

À noite, a Vigilância Sanitária contou com o apoio da Polícia Militar. As denúncias foram no Plano Piloto; no Pistão Sul, em Taguatinga; São Sebastião e Sudoeste. No domingo, os fiscais estiveram em Ceilândia e no Plano Piloto. Os trabalhos ocorreram de forma integrada com os órgãos do GDF e resultaram em quatro autuações e uma interdição.

Para denunciar, basta ligar no telefone 162. (Com informações da Agência Saúde DF)

Últimas notícias