Novo coronavírus já estava no esgoto de SC em novembro, diz pesquisa

Universidade Federal de Santa Catarina encontrou o RNA do vírus em amostras coletadas meses antes do 1º caso confirmado no estado

atualizado 02/07/2020 17:24

imagem de coronavírus vistos em laboratórioBSIP/Colaborador/Getty Images

Uma análise de amostras de esgoto bruto de Florianópolis sugere que o novo coronavírus circulava no Brasil desde novembro de 2019. A pesquisa, que ainda será revisada pela comunidade científica, encontrou partículas do patógeno 97 dias antes do primeiro caso confirmado de Covid-19 em Santa Catarina.

O material analisado pelo Laboratório de Virologia Aplicada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com a Universidade de Burgos (Espanha), havia sido obtido mensalmente entre 30 de outubro de 2019 e 4 de março de 2020 – o processo de coleta do esgoto para pesquisas já era realizado antes da pandemia para ser usado em outros estudos da universidade.

A descoberta foi publicada no portal medRxiv e divulgada pela UFSC nesta quinta-feira (02/07). Realizando análises de rastreamento genético, os pesquisadores encontraram o primeiro RNA do vírus em 27 de novembro e, desde então, a concentração só aumentou.

Últimas notícias