Los Angeles volta a exigir uso de máscara em locais fechados

Autoridades estão preocupadas com o aumento dos casos da doença e hospitalizações ligadas à variante Delta do novo coronavírus

atualizado 16/07/2021 10:56

Califórnia CovidMario Tama/Getty Images

A partir do próximo domingo (18/7), o uso de máscara em locais fechados volta a ser obrigatório em Los Angeles, nos Estados Unidos. A medida é uma resposta das autoridades de saúde ao aumento expressivo de casos de Covid-19 ligados à variante Delta e vale para todas as pessoas, incluindo as vacinadas.

Por sete dias consecutivos, o condado da Califórnia registrou mais de mil novos casos diários da doença. Pelo menos 1.500 infecções foram registradas apenas nessa quinta-feira (17/7).

Na última quarta-feira (14/7), aproximadamente 400 pessoas foram hospitalizadas com Covid-19 – 275 a mais em relação à semana anterior – e nove pacientes morreram. A maioria dos diagnósticos positivos e hospitalizações está relacionada às pessoas que ainda não foram vacinadas.

“Estamos exigindo máscara para todos enquanto estiverem dentro de casa, em ambientes públicos e empresas, independentemente do estado de vacinação, para que possamos interromper o aumento do nível de transmissão que estamos vendo”, informou o Departamento de Saúde Pública do Condado de Los Angeles pelo Twitter.

Campanha de vacinação

Em meados de maio, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA decidiu que os americanos totalmente vacinados contra a Covid-19 não precisam mais usar máscaras ou seguir o distanciamento social de 1,8 metro na maioria dos lugares. Mas a campanha de vacinação estagnou e os casos voltaram a subir.

Atualmente, 48,9% da população do país está completamente vacinada, de acordo com o monitoramento Our World In Data, ligado à Universidade de Oxford.

Saiba como o coronavírus ataca o corpo humano:

0

 

Últimas notícias