metropoles.com

Japão diz ter encontrado variante do coronavírus em 4 viajantes brasileiros

O governo do Japão disse que três dos quatro pacientes apresentaram sintomas como dor de cabeça, dor de garganta e febre

atualizado

Compartilhar notícia

Freepik/Reprodução
coronavírus covid sars-cov-2
1 de 1 coronavírus covid sars-cov-2 - Foto: Freepik/Reprodução

O governo do Japão afirmou neste domingo (10/1) ter encontrado uma variante do coronavírus em quatro turistas brasileiras que estiveram no estado do Amazonas. De acordo com a Reuters, os viajantes retornaram ao Japão no dia 2 de janeiro, pelo Aeroporto Internacional de Tóquio.

Segundo um porta-voz do Ministério da Saúde do Japão, a nova cepa difere das variantes altamente infecciosas encontradas pela primeira vez na Grã-Bretanha e na África do Sul.

“No momento, não há provas de que a nova variante encontrada nos brasileiros seja altamente infecciosa”, disse o diretor do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, Takaji Wakita.

Embora não haja informações sobre as cidades visitadas no Amazonas, o governo japonês informou os sintomas apresentados pelos quatro viajantes. De acordo com informações oficiais, um homem com cerca de 40 anos teve problemas para respirar e uma mulher por volta dos 30 apresentou dor de cabeça e dor de garganta.

Ainda, um adolescente do sexo masculino teve febre, enquanto uma jovem, também adolescente, não teve nenhum sintoma.

Até sábado (9/1), Amazonas contabilizou 5.669 mortes de Covid-19 e 212.996 casos confirmados. O número de óbitos do estado brasileiro é superior ao registrado em todo o Japão, que tem 4.061 vítimas fatais e 289 mil casos confirmados da doença.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações