Fórum de reprodução assistida discute novas configurações familiares

Evento gratuito e aberto ao público será realizado no próximo sábado (13/4), na Associação Médica de Brasília (AMBr)

iStock

atualizado 09/04/2019 16:27

A sociedade moderna não define mais família como apenas um casal de homem e mulher: uniões homoafetivas, maternidade e paternidade programadas se tornaram, nos últimos anos, modelos de união reconhecidos. A possibilidade de ter filhos com as contribuições dos avanços na medicina reprodutiva têm contribuído para essa mudança de paradigma.

Neste sábado (13/4), o assunto será debatido no Fórum Reprodução Assistida e Novas Configurações Familiares, no 11º Simpósio de Reprodução Humana de Brasília. O evento, organizado pela Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH) e pela Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Brasília (SGOB), discutirá técnicas de reprodução assistida, direitos relativos às partes e novas formações familiares.

O evento é gratuito e aberto ao público, mas as vagas são limitadas. É preciso fazer uma inscrição pelo telefone (61) 3245-3681. Segundo a organização do Fórum, profissionais e estudantes das áreas de medicina, enfermagem, psicologia e direito, além da comunidade LGBT e outros interessados são esperados. A roda de discussões acontecerá na Associação Médica de Brasília (AMBr).

Últimas notícias