Entorse: entenda o que é lesão sofrida por Neymar na Copa do Mundo

Neymar saiu do campo chorando após virar o pé direito de forma brusca em uma dividida com Milenkovic, lateral da Sérvia, no jogo de estreia

atualizado 25/11/2022 10:26

Neymar sente uma lesão durante o jogo entre Brasil e Sérvia - Metrópoles Khalil Bashar/Jam Media/Getty Images

A saída dramática de Neymar do campo no segundo tempo do jogo de estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar, contra a Sérvia, nessa quinta-feira (24/11), deixou os torcedores apreensivos. O camisa 10 virou o pé direito de forma brusca após uma dividida com o lateral Milenkovic, provocando uma entorse no tornozelo.

“Neymar teve uma entorse no tornozelo direito, foi um trauma direto. Ele apresentou edema, inchaço, iniciamos o tratamento. Segue em tratamento na fisioterapia”, disse o médico do time, Rodrigo Lasmar durante entrevista coletiva logo após a partida.

O médico destacou que o jogador permaneceu em campo por mais 11 minutos após a entorse, suportando a dor no tornozelo. “Isso também é um dado importante para considerar a evolução do jogador. Neymar permaneceu nos dois gols que fizemos, sentindo o tornozelo. A equipe precisava dele. Nos dois gols, já estava sentindo a lesão”, afirmou.

O que é entorse de tornozelo?

A entorse é uma das lesões articulares mais comuns na população ativa e ocorre com grande frequência em atletas durante a prática esportiva. Ela ocorre quando fazemos um movimento lateral do pé com intensidade maior do que o normal. No dia a dia, a entorse pode ocorrer enquanto se caminha em um terreno irregular ou ao subir um degrau, por exemplo.

Nesses contextos, há o estiramento ou a ruptura de ligamentos laterais, os que ficam do lado externo do tornozelo.

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) explica que a estabilidade lateral do tornozelo é dada pela estrutura óssea e por um mecanismo de sustentação composto por três principais ligamentos: talofibular anterior, talofibular posterior e talo-calcâneo.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Sintomas

Minutos depois de sair de campo, Neymar foi visto no banco cobrindo o rosto com a camisa enquanto recebia atendimento e saiu mancando. A entorse pode causar dor, inchaço, hematoma no local decorrente do vazamento interno do sangue e dificuldade para caminhar. Quanto mais grave é a lesão, mais intensos podem ser os sintomas.

Tratamento

O tratamento tem como finalidade reduzir a dor e o inchaço para que o paciente seja capaz de retornar progressivamente as atividades diárias e evitar complicações como a instabilidade do ligamento.

Dependendo da gravidade, pode ser indicado repouso, compressas de gelo, elevação do tornozelo e proteção articular com imobilizador ou tala gessada, além do uso de anti-inflamatórios (no caso de atletas, há tipos de medicação e quantidades específicas para não configurar doping) e fisioterapia.

Nas lesões leves, os sintomas costumam melhorar no intervalo de uma a duas semanas. Nos casos mais graves, com lesões completas, é indicado o uso de proteção articular com imobilizadores semirrígidos por tempo prolongado.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito, normalmente, com a observação dos sintomas por um médico ortopedista. Quando há suspeita de fraturas, posem ser solicitar exames complementares como radiografias ou ressonância magnética.

A equipe médica de Neymar informou que o atleta acordou com o tornozelo ainda inchado e passará por exames de imagem nesta sexta-feira (25/11) para avaliar a gravidade do quadro.

De acordo com a SBOT, aproximadamente 15% a 20% das entorses de tornozelo podem evoluir com algum tipo de complicação, dentre elas, a instabilidade ligamentar crônica.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias