Dia Mundial da Lavagem das Mãos: entenda importância do hábito para a saúde

A prática é o método mais simples, barato e eficaz de prevenir contaminações propagadas pelas mãos, entre elas, a do novo coronavírus

atualizado 15/10/2020 10:30

mãos sendo lavadas em piaPexels

A pandemia do novo coronavírus reforçou a importância de lavar as mãos com água e sabão, um hábito simples que tem o poder de combater a transmissão de doenças infecciosas, como a Covid-19. Nesta quinta-feira (15/10), comemora-se o Dia Mundial da Lavagem das Mãos.

A data foi criada em 2008 com o objetivo de alertar crianças sobre a importância da higiene das mãos. Em 2020, espera-se uma mobilização ainda mais ampla por conta do protagonismo que a medida adquiriu na prevenção à Covid-19.

Segundo a médica infectologista Ana Helena Germoglio, do Hospital de Águas Claras, a prática de higienização das mãos com água e sabão é o método mais rápido, simples e eficaz para prevenir infecções propagadas pelas mãos, sejam elas bacterianas ou virais.

“Parece que as pessoas entenderam a importância da higienização das mãos de janeiro pra cá, mas essa prática deve ser adotada para a vida inteira, não só em vigência da pandemia”, destaca Ana Helena.

Como lavar as mãos

Quando as mãos estiverem visivelmente sujas, devem ser lavadas com água e sabão por um tempo entre 40 e 60 segundos – intervalo suficiente para se cantar Parabéns para você, como sugere a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quando a sujeira não for visível aos olhos, as mãos podem ser higienizadas com álcool em gel por um tempo entre 20 a 30 segundos.

“Esse é um hábito que deve ser levado para a vida inteira e precisa ser ensinado às crianças. Um hábito aprendido na infância é muito mais fácil de ser incorporado”, garante a infectologista.

Nos primeiros meses da pandemia, o Ministério da Saúde elaborou um passo a passo para a prática correta:

  1. Molhe as mãos e os pulsos com água corrente;
  2. Aplique sabão suficiente para cobrir as mãos e os pulsos molhados;
  3. Esfregue todas as superfícies, incluindo as costas das mãos, entre os dedos, as unhas e os punhos;
  4. Enxágue abundantemente com água corrente;
  5. Seque as mãos com um pano limpo, toalha de uso individual ou ou toalha descartável.
Hábito que salva vidas

Quando feito antes das refeições e depois de ir ao banheiro, o hábito pode reduzir a incidência das taxas de diarreia entre crianças menores de 5 anos a, aproximadamente, 50% e as infecções respiratórias a 25,5%, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), órgão ligado à OMS.

0

 

 

Últimas notícias