DF: campanha vai fazer 100 teleorientações oftalmológicas gratuitamente

Alvo é a população de baixa renda. Casos mais graves serão encaminhados para consultas presenciais, que também serão sem custo

atualizado 17/07/2020 14:48

David Mark/Pixabay

Para garantir atendimento em tempo de pandemia, muitos médicos estão oferecendo teleatendimento, uma versão online da consulta comum e que funciona para casos leves. Com o intuito de comemorar o Dia Mundial da Saúde Ocular, a campanha Visão Para Todos, do Visão Hospital de Olhos, vai oferecer 100 tele consultas gratuitas para a população de baixa renda.

As inscrições podem ser feitas até o dia 20/7, pelo site. Os casos considerados graves, que precisarem de atendimento médico presencial, serão encaminhados para o hospital, onde serão atendidos gratuitamente. Pessoas que se encaixarem nos grupos de risco para a Covid-19 e precisarem ver o médico pessoalmente, terão atendimento domiciliar, caso residam na Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Asa Sul e Asa Norte.

“Já estamos acostumados. Nesta época, em Brasília, o clima é mais seco, o que contribui para muitos desconfortos nos olhos. Dessa forma, podemos tratá-los tranquilamente por meio de uma chamada de vídeo. É a tecnologia nos possibilitando cuidar dos nossos pacientes”, explica o oftalmologista Tarciso Schirmbeck. Alguns sintomas que podem ser resolvidos pelo teleatendimento são: coceira, vermelhidão no canto do olho, sensação de queimação e ardor, e pontinhos pretos se movendo.

Últimas notícias