metropoles.com

Covid: Ômicron é 75% menos letal do que variante Delta, mostra estudo

Levantamento feito na Coreia do Sul analisou dados de 67.200 infecções desde dezembro. Mais da metade das mortes foram de não vacinados

atualizado

Compartilhar notícia

Getty Images
Imagem colorida: mão de cientista com luva segura pote com amostra de variante Ômicron - MKetrópoles
1 de 1 Imagem colorida: mão de cientista com luva segura pote com amostra de variante Ômicron - MKetrópoles - Foto: Getty Images

Um estudo da Agência de Controle e Prevenção de Doenças da Coréia (KDCA, na sigla em inglês), divulgado na segunda-feira (21/2), mostra novas evidências de que a variante Ômicron do coronavírus é menos letal do que a Delta.

Ao analisar dados de aproximadamente 67.200 infecções locais confirmadas desde dezembro, as autoridades sul-coreanas concluíram que as pessoas infectadas com a Ômicron têm 75% menos chances de desenvolver quadro grave de Covid-19 com hospitalização ou morrer pela doença do que as que tiveram contato com a Delta.

0

As taxas de gravidade e mortalidade da variante mais recente foram de 0,38% e 0,18%, respectivamente. Para a Delta, os indicadores sobem para 1,4% e 0,7%.

Os pesquisadores apontaram que cerca de 56% das 1.073 pessoas que morreram nas últimas cinco semanas não foram vacinadas ou receberam apenas uma dose dos imunizantes.

A Coreia do Sul se destacou do restante do mundo como um exemplo de país que conseguiu controlar o número de novos casos e mortes nos dois primeiros anos da pandemia com medidas restritivas rigorosas e testagem em massa.

As restrições foram afrouxadas recentemente após o avanço da vacinação. Atualmente, 85,6% da população está totalmente vacinada com duas doses e 59,1% já recebeu o reforço, segundo dados do monitoramento Our World In Data, ligado à Universidade de Oxford. (Com informações da Agência Reuters)

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações