Covid-19: Tom Hanks doa sangue para ajudar na criação de vacina

O ator e a mulher, Rita Wilson, apresentaram a doença provocada pelo coronavírus no início de março e estão recuperados

atualizado 14/04/2020 18:16

Tom Hanks e Rita Wilson na chegada do Oscar de 2020Getty Images

Após se recuperar da Covid-19, Tom Hanks e a esposa, Rita Wilson, doaram amostras de sangue para que os anticorpos criados por eles contribuam para a criação de uma vacina contra o coronavírus. A iniciativa foi divulgada nesta terça-feira (14/04), durante uma entrevista de Rita ao programa americano This Morning’s, do canal CBS.

Na ocasião, Rita, que também é atriz, afirmou que foi medicada com cloroquina e sentiu náusea extrema, fraqueza muscular e vertigem como efeitos colaterais.

Ela não soube dizer se o remédio contribuiu com a recuperação dela ou se foi o tempo que fez com que os sintomas passassem. “Nós temos que ter muito cuidado com esse remédio. Não sabemos se é seguro nesse caso”, disse, com cautela.

O casal contraiu o vírus no início de março, quando fazia uma viagem para a Austrália. Em 11 de março, o próprio Hanks falou sobre o diagnóstico pelo Twitter, disse que se sentia cansado, como se estivesse gripado, com algumas dores no corpo, enquanto Rita apresentava febre e calafrios.

No último dia 28, o astro de Forrest Gump afirmou que já estava em casa, nos Estados Unidos, com a família e agradeceu às autoridades australianas.

Veja a entrevista completa:

Últimas notícias