Covid-19: Tocantins, Roraima e Pará têm maior crescimento de mortes em maio

No Brasil, foram 13,2 mil óbitos por conta da doença apenas neste mês. No dia 1º de maio, eram 6,3 mil. Agora, passam de 20 mil

atualizado 22/05/2020 9:40

Três estados da região Norte lideram a quantidade de mortes registradas em maio por conta do coronavírus. Tocantins, Roraima e Pará apresentaram crescimento superior a 500% desde o primeiro dia do mês. Em Tocantins, eram apenas 3 óbitos confirmados em 1º de maio. Agora, são 44, um aumento de 1.467%. Roraima e Pará tiveram altas de 800% e 688% respectivamente.

No caso do Pará, a situação é especialmente preocupante porque o estado também é o terceiro colocado quando comparamos os números absolutos. Foram 1.617 mortes em maio. Nesse quesito, a UF fica atrás apenas de São Paulo, que confirmou 3.047 óbitos em maio, e o Rio de Janeiro, com 2.491 perdas no mês.

As informações vieram do sistema de informação do Ministério da Saúde e são compiladas diariamente pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, para abastecer um painel virtual com informações sobre a pandemia.

O gráfico abaixo mostra o aumento de mortes nas três primeiras semanas de maio em todos os estados:

Nos casos confirmados, Tocantins também é o primeiro colocado, com um crescimento de 1.104% nas infecções por coronavírus em maio. Hoje, o estado tem 1.976 exames positivos registrados. A UF iniciou o mês com 164. Em seguida vem Sergipe, com alta de 816% ou 4.217 diagnósticos, e Paraíba, com 573,65% e 5.312 contaminados.

O Distrito Federal é a 14º UF com o maior avanço relativo, com um aumento de 278%. Foram 4.076 casos confirmados no mês, a capital do país iniciou maio com 1.466 infecções e está atualmente com 5.542.

No Brasil, as autoridades registraram 218.498 diagnósticos apenas no mês de maio. O valor representa um crescimento de 238,56% entre o dia 1º e hoje. O número de mortes aumentou 216,75%, foram 13.718 vidas encerradas por conta da Covid-19.

O gráfico abaixo mostra o avanço dos casos nas três primeiras semanas de maio em todos os estados:

Entenda como o coronavírus ataca o seu corpo:

0
Últimas notícias