Covid-19: em meio a polêmica, Saúde divulga dados iguais aos do Conass

De acordo com a pasta, Brasil registrou 15.654 diagnósticos e 679 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

atualizado 09/06/2020 9:22

ilustração coronavírusadoslav Zilinsky/GettyImages

O Ministério da Saúde divulgou novas informações sobre o alcance da epidemia de coronavírus no país. De acordo com a pasta, nas últimas 24 horas, foram confirmados 15.654 novos diagnósticos e 679 óbitos.

Os dados são iguais aos que foram divulgados pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) na tarde desta segunda-feira (08/06). O boletim do Conass foi criado como uma alternativa às mudanças de horário e de metodologia de divulgação implantadas pela pasta desde a última quarta-feira (03/06).

A atualização do Ministério da Saúde foi divulgada pela plataforma online Covid-19, que havia sido retirada do ar na semana passada. A pasta, entretanto, segue sem informar o total de casos e mortes desde o início da pandemia. Na contabilidade do Conass são 707.412 casos confirmados da doença e 37.134 vítimas fatais.

Números diferentes

Uma parceria feita pelos jornais O Globo, G1, Extra, Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que levanta dados diretamente das secretarias tem um número diferente do repassado pelo Conass e Ministério da Saúde. Segundo eles, são 849 novas mortes, totalizando 37.312 óbitos, e 19.631 diagnósticos nas últimas 24h, finalizando 710.887 casos confirmados da doença. A diferença de números pode ser justificada pelo horário: até o fechamento dos números do Conass, que aconteceu à tarde, pelo menos duas secretarias não haviam enviado as informações. Os dados dos jornais são divulgados às 20h.

Últimas notícias