Coronavírus: com novo recorde em 24h, Brasil chega a 1.532 óbitos

Governo atualizou os dados sobre a doença na tarde desta terça-feira (14/04). Taxa de letalidade chega a 6,1%

atualizado 14/04/2020 17:50

fotografia digital coronavírusIOC/Fiocruz/Divulgação

De acordo com atualização feita pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (14/04), o Brasil registra 1.532 mortes e 25.262 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Os números representam aumento de 8% e 15%, respectivamente, em relação aos dados divulgados no dia anterior (13/04).

Segundo o secretário de vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, algumas ocorrências registradas no fim de semana só entram na contagem na terça, o que explica as altas porcentagens que costumam ser apontadas nesse dia.

A taxa de letalidade no país é de 6,1%. São Paulo continua sendo a unidade federativa com o maior número de casos confirmados (9.371) e mortes (695) por coronavírus. O Amazonas é o estado com maior incidência da doença e conta com 1.484 infectados e 90 óbitos. Rio de Janeiro (3.410 e 224), Ceará (2.005 e 107) e Pernambuco (1.284 e 115) completam as cinco UFs com mais contaminados pela Covid-19.

Apesar de os números serem altos, pesquisadores afirmam que correspondem apenas a uma fração da realidade. Levantamento feito pela Universidade de Brasília (UnB) e pela Universidade de São Paulo (USP) estima que o país tenha cerca de 15 vezes mais pacientes com coronavírus do que a quantidade apontada de diagnosticados com a doença. Isso representaria mais de 300 mil pessoas infectadas pelo novo vírus. Os parâmetros de testagem atuais, que são feitos em sua maioria em pacientes graves, explicaria a diferença entre os números.

Últimas notícias