Comitê do Canadá desaconselha uso de vacina da AstraZeneca em idosos

O órgão consultivo afirma não haver informações suficientes sobre a eficácia do imunizante contra a Covid-19 em pessoas com 65 anos ou mais

atualizado 02/03/2021 9:55

Vacinação na UBS 5 em CeilândiaRafaela Felicciano/Metrópoles

Apenas três dias depois de a agência reguladora de medicamentos do Canadá aprovar o uso emergencial da vacina de Oxford/AtraZeneca contra o novo coronavírus, o Comitê Consultivo Nacional de Imunização do país divulgou novas diretrizes que desaconselham o uso do imunizante em pessoas com 65 anos ou mais.

No documento, publicado nessa segunda-feira (1º/3), o órgão justifica que faltam informações sobre a eficácia do imunizante para a faixa etária. A decisão vai de encontro com os posicionamentos de países europeus como Alemanha e Itália.

Apesar de ter aprovado, na sexta-feira (26/2), o uso da vacina em pessoas com mais de 18 anos, a agência reguladora de medicamentos Health Canada também observou que os dados de ensaios clínicos disponíveis eram muito limitados para estimar com segurança o potencial da vacina em pessoas idosas.

A Health Canada destacou também que as “evidências emergentes do mundo real” dos países que usam a vacina mostram que a fórmula é segura e sugerem o potencial benefício na prevenção das populações contra a Covid-19.

Veja como o novo coronavírus ataca o corpo:

0

 

Últimas notícias