Comitê britânico sugere vacina da AstraZeneca só para maiores de 40

Grupo que fiscaliza a vacinação no Reino Unido recomendou que governo evite faixas etárias mais jovens por conta dos registros de coágulos

atualizado 07/05/2021 10:50

VACINA covishield astrazenecaGustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

O comitê científico que fiscaliza a vacinação contra a Covid-19 no Reino Unido recomendou, nesta sexta (7/5), que o imunizante de Oxford/AstraZeneca seja aplicado somente em pessoas com mais de 40 anos.

A sugestão do grupo é baseada no registro de 242 casos e 49 mortes causados por coágulos pós-vacina – foram aplicadas 28 milhões de doses no país, tornando o evento muito raro.

Segundo June Raine, diretora da agência regulatória britânica (MHRA), os benefícios da vacina continuam sendo muito maiores do que os riscos para a maioria da população, especialmente para os idosos. As informações são da AFP.

A recomendação do comitê será aplicada como precaução no Reino Unido, “quando for possível”, uma vez que há outras vacinas disponíveis e que podem ser usadas na população mais jovem. Os imunizantes da Pfizer e da Moderna estão sendo administrados, e o governo acredita que a mudança não atrasará o ritmo de vacinação no país.

Indivíduos que estão abaixo da faixa etária, mas já receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca devem prosseguir com o cronograma de vacinação, e retornar para o reforço. Pessoas que tiveram coágulo após a primeira dose não devem receber o imunizante novamente.

0

Últimas notícias