Calor, sauna e sol em excesso: as varizes pioram no verão

Pernas inchadas, câimbras e ardências podem ser sintomas de doenças venosas e pioram no verão. Saiba mais

atualizado 18/01/2019 16:05

Calor, exposição ao sol em excesso, sauna e banhos quentes aumentam a dilatação das veias, dificultando o transporte do sangue pelo corpo. Por isso, no verão, varizes têm mais chances de se desenvolverem, principalmente em mulheres, e pior: de incomodarem muito. Dor, ardência e inchaço são alguns dos sintomas que os pacientes com a insuficiência venosa sentem nessa época do ano.

Pessoas do sexo feminino têm quatro vezes mais chances de desenvolver o problema por questões hormonais naturais ou pelo uso de anticoncepcionais.

O angiologista Marcus Vinicius da Silva Amorim, da clínica Angiovascular, em Brasília, aponta medidas fáceis de serem adotadas para prevenir o aparecimento e o crescimento de varizes: “Exercícios físicos de baixo impacto, como natação, caminhadas, bicicleta; não ficar muito tempo parado na mesma posição, seja em pé ou sentado; e não fumar”, recomenda. Ele também indica drenagem e massagem, pois elas aumentam a circulação sanguínea.

Se suas pernas ficam inchadas com facilidade (especialmente em dias quentes) e pesadas, com câimbras e ardências, procure um angiologista o quanto antes. Esses são alguns sintomas de doenças venosas.

Últimas notícias