Brasil tem 5.901 mortes e mais de 85 mil casos confirmados de coronavírus

Informações foram divulgadas pelo Ministério da Saúde na tarde desta quinta-feira (30/04)

atualizado 30/04/2020 17:45

coronavírus em mapa do undoPeter Zelei Images/GettyImages

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde sobre a situação da epidemia do novo coronavírus no Brasil, feita na tarde desta quinta (30/04), o país  tem 85.380 pessoas diagnosticadas, um aumento de 9% (7.218 pacientes) nas últimas 24h. O boletim também confirma 5.901 mortes decorrentes de Covid-19, crescimento de 8%, equivalente a 435 óbitos, desde as informações divulgadas na quarta (29/04).

Os especialistas em saúde pública explicam que o número de pacientes diagnosticados não é um bom parâmetro para analisar a curva de crescimento da doença, uma vez que a informação depende muito dos testes disponíveis. Como a quantidade de exames aumentou nas últimas semanas, é esperado um acréscimo, ainda que siga aquém da realidade – alguns estimam que o Brasil tenha entre oito e 15 vezes a quantidade de casos oficiais.

O número de mortes seria um indicador mais preciso, pois boa parte dos óbitos é testado e adicionado à estatística mesmo que o falecimento tenha ocorrido dias antes. Os números da atualização diária, por exemplo, costumam confirmar mortes que ocorreram há dias ou semanas. Mas, ainda assim, existe subnotificação para o caso de pessoas que morreram e cujos corpos foram enterrados sem que se colhesse a amostra para exame de confirmação.

No boletim do Ministério da Saúde, as unidades federativas com maior número de casos e óbitos registrados continuam sendo São Paulo (28.698 e 2.375, respectivamente), Rio de Janeiro (9.453 e 854), Ceará (7.606 e 482), Pernambuco (6.876 e 565) e Amazonas (5.254 e 425). O Ministério da Saúde considera esses estados como os que mais preocupam o governo: quase todos estão se aproximando do colapso do sistema de saúde, e o Amazonas já apresenta colapso do sistema funerário.

Últimas notícias